Biblioteca

equipe-bibliotecaJuliana Machado, Tanja Baudoin e Rubia Silva.A equipe da Biblioteca | Centro de Documentação e Pesquisa é formada pelas bibliotecárias Rubia Luiza da Silva e Juliana Machado, responsáveis pela catalogação e manutenção do acervo e do Memória Lage, o arquivo histórico da Escola.
Desde janeiro de 2019 a biblioteca conta também com a curadora Tanja Baudoin, convidada pelo curador Ulisses Carrilho para propor atividades públicas relacionadas ao programa de ensino da instituição e para ativar a biblioteca com propostas performáticas.

A biblioteca é um lugar calmo para estudar, com seu próprio ritmo. Na EAV Parque Lage, desejamos que seja um lugar para conhecer outras pessoas, suas pesquisas e trocar ideias. Com o programa deste ano, acessaremos outros modos de atenção — sutis também. Desejamos desenvolver uma consciência em torno
dos modos pelos quais o conhecimento é performado em nossas interações com o outro
. Como o antropólogo Tim Ingold explica, a informação contida em um livro não é conhecimento, somente abre caminho para o conhecimento. Só podemos seguir esse caminho usando nossas próprias interpretações e experiências anteriores, em um movimento de aprendizado prático que é, no final, criativo, da ordem da improvisação.

No primeiro semestre de 2019, lançaremos o programa “Um berro, um sussurro” de trabalhos performáticos dentro e ao redor da biblioteca, são propostas que consideram os espaços que se conectam a biblioteca e suas funções. O programa considera a escola, a floresta e a coleção dos livros como um convite para o artista se relacionar sensorial, física, intelectual e imaginativamente.

A biblioteca também lançará o programa de pesquisa “Hospedando”, que semestralmente irá se concentrar em uma pesquisa histórica de um nome ou evento ligado a escola. O projeto terá contribuições das bibliotecárias, alunos, professores, o público, e outros convidados. A primeira edição é ‘Hospedando Lélia Gonzalez (1935-1994)’, que em 1976 iniciou o primeiro curso de cultura negra no Parque Lage e era uma figura muito importante para o movimento negro no Brasil.

Tanja Baudoin oferece o curso de Conversação em inglês sobre tópicos atuais de arte contemporânea na EAV Parque Lage
desde 2016. Tanja vive no Rio de Janeiro desde 2015, quando participou do programa do CAPACETE. Antes ela fez parte da equipe curatorial do If I Can’t Dance, I Don’t Want To Be Part Of Your Revolution em Amsterdã, Holanda.

 
Histórico
A Biblioteca da Escola de Artes Visuais (EAV) não registra histórico de sua criação. Através de reportagens recuperadas pelo projeto Memória Lage, realizado em 2014, acredita-se que originou a partir do acervo particular de Augusto Frederico Schmidt (1906-1965), poeta modernista carioca que frequentava o Parque Lage para retirar inspiração para seus livros. Acredita-se que essa biblioteca tenha sido englobada posteriormente pelo Instituto Brasileiro de Arte (IBA), em 1950, de onde adquiriu parte do acervo e as características que atualmente possui. Com a fundação e gestão da EAV, estabeleceu-se como biblioteca especializada em Artes Visuais com ênfase em Arte Contemporânea.

A coordenação durante o ano de 2015 foi da curadora residente Beatriz Lemos, que iniciou entre outros projetos, as “Aulas Abertas” e o “Livro do Dia” (postagens em redes sociais de um destaque do acervo). Em setembro 2016 a pesquisadora Ana Luiza Fonseca entrou, convidada pela ex-diretora Lisette Lagnado. Ana Luiza se dedicou à pesquisa de editoras de livros de artistas na América Latina, e lançou a Feira de Impressos da EAV, projeto que integrou os ateliês de gravura da escola ao espaço da biblioteca.

A Biblioteca | Centro de Documentação e Pesquisa ocupa uma das salas que possuem acesso às varandas do Palacete. A varanda com mesas e cadeiras torna o ambiente mais amplo para receber lançamentos ou pequenas reuniões, com uma vista excepcional para a área verde. Além disso, o banheiro original de Gabriela Besanzoni virou uma sala exclusiva para leitura, aberta ao público.

Missão
Atender às necessidades informacionais de alunos, professores e funcionários e visitantes da Escola de Artes Visuais do Parque Lage, fomentando atividades ligadas ao ensino e à pesquisa em Artes Visuais Contemporâneas.

Acervo
A Biblioteca da EAV é especializada em artes visuais com enfoque em arte moderna e contemporânea. O acervo conta com cerca de 20.000 títulos, entre obras de referência, livros, catálogos, folhetos, periódicos, monografias, mídias digitais e DVDs. A consulta é local e de livre acesso a alunos, funcionários e visitantes. Não é necessário agendamento.

A Memória Lage é o projeto de digitalização e sistematização dos documentos que contam a história da escola. Os interessados poderão elaborar diversas pesquisas a partir de um vasto material, condicionado e catalogado, formando um acervo.
Acesse o projeto Memória Lage aqui
E o acervo digital aqui.

Política para doações
A Biblioteca aceita doações de novos títulos de acordo com os interesses da missão pedagógica da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. A lista bibliográfica deve ser previamente enviada para o e-mail eav.biblioteca@gmail.com, e será analisada pela Coordenação de Pesquisa.

Leia mais sobre os critérios de doação.

Horários de funcionamento
Segunda a quinta – 10h às 20h
Sexta – 10h às 13h

Contato
Telefone: (21) 2334-4088
E-mail: eav.biblioteca@gmail.com