Comissão de Ensino

Fernando Cocchiarale é professor de Filosofia do Departamento de Filosofia da PUC-RJ (desde 1978) e da Escola de Artes Visuais do Parque Lage desde 1990. Autor de livros como Abstracionismo Geométrico e Informal: A Vanguarda Brasileira dos Anos 50 (com Anna Bella Geiger), Rio de Janeiro, MEC/ Funarte, 1987 e Quem Tem medo da Arte Contemporânea, Recife, Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2006, publicou cerca de 200 artigos, textos e resenhas em coletâneas, catálogos Jornais e revistas de arte do Brasil e do exterior (tais como o Jornal do Brasil, RJ; Módulo, RJ; Guia das Artes, SP; Galeria e ArtNexus, Colombia). Foi membro da Comissão Curadora do Projeto Rumos Visuais de 1999 a 2000; curador-coordenador do mesmo Projeto entre 2001 / 2002 e, de novembro de 2000 a agosto de 2007, curador do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Foi curador da Casa de Cultura Laura Alvim, no Rio de Janeiro (2011/2012) e curador das mostras de arte contemporânea do Santander Cultural, Recife (2011). É doutor em Tecnologias da Comunicação e Estética pela Escola de Comunicação da UFRJ (2012).

Guilherme Gutman é psicanalista, professor de psicologia da PUC-Rio, curador independente e crítico de arte. Médico psiquiatra, mestre e doutor em saúde coletiva pelo Instituto de Medicina Social da UERJ, vem desenvolvendo uma investigação e um modelo de pensamento que articulam arte, psicanálise e filosofia. É autor de inúmeros artigos, capítulos de livros e do livro William James & Henry James: filosofia, literatura e vida (Subversos).

Luisa Duarte é crítica de arte e curadora independente. É crítica de arte do jornal O Globo, desde 2009. Mestre em filosofia pela Pontifícia Universidade Católica – PUC-SP. Doutoranda em teoria da arte pela UERJ em 2017. Foi por cinco anos membro do Conselho Consultivo do MAM-SP (2009-2013). Foi curadora do programa Rumos Artes Visuais, Instituto Itaú Cultural (2005/ 2006); Foi coordenadora geral do ciclo de conferências “A Bienal de São Paulo e o Meio Artístico Brasileiro – Memória e Projeção”, plataforma de debates da 28ª Bienal Internacional de São Paulo, 2008; Foi curadora de quatro edições do Red Bull House of Art, projeto de residências artísticas e mostras no centro de São Paulo voltado para artistas em começo de trajetória, 2009/2010; Foi curadora da exposição coletiva “Um Outro Lugar”, MAM – SP, 2011; integrou a equipe de curadoria de Hans Ulrich Obrist para a mostra “The Insides are on the Outside”, Casa de Vidro de Lina Bo Bardi, São Paulo, 2013; Foi organizadora, em dupla com Adriano Pedrosa, do livro ABC – Arte Brasileira Contemporânea, Cosac & Naify, 2014. Foi organizadora, em dupla com Pedro Duarte, do Seminário Internacional Biblioteca Walter Benjamin, MAR – Museu de Arte do Rio de Janeiro, 2016.

Marcos Bonisson é artista e Mestre em Estudos Contemporâneos das Artes (UFF). Nasceu e trabalha na cidade do Rio de Janeiro. É graduado em Letras (UESA) e Pós-graduado em Arte e Cultura (UCAM). Estudou gravura, desenho e fotografia na EAV Parque Lage (1978-1981). Começou a trabalhar com fotografia e filme Super 8 no final da década de setenta e com vídeo nos anos oitenta. Participou da 27ª Bienal Internacional de São Paulo em 2006. Publicou o livro Arpoador (Nau, 2011) e o livro Pulsar (Binóculo, 2013). É professor de artes do Iuperj/Ucam e do Ateliê Oriente. Suas mais recentes exposições individuais foram Pulsar no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM), em outubro de 2013 e Arpoador na Maison Européenne de la Photographie (MEP- Paris) em junho de 2015.