Aderbal Ashogun

Ver cursos
Sacerdote do candomblé, do terreiro Ylê Omi Oju Aro, e filho da Yalorixá Mãe Beata de Iemanjá, "Mestre" Aderbal é músico, ativista ambiental e produtor, integrante do Treme Terra Esculturas Sonoras (31a. Bienal de São Paulo, 2014). Premiado pelo IPHAN, coordena desde 1992 a Omo Aro Cia Cultural, rede afro-ambiental voltada para o resgate e manutenção do complexo cultural dos povos tradicionais de terreiros. Entre suas diversas participações, destacam-se: a ECO 92, quando começou a coordenar o projeto OKU ABO, Educação Ambiental para Religiões Afro-brasileiras, o Fórum de Espiritualidade e Sustentabilidade da Água (Taiwan e China, 2004), o 9º Congresso Mundial de Tradição e Cultura de Orixá (UERJ, 2005) e o I Seminário contra o Racismo Ambiental (UFF, 2006).

Alain Alberganti

Ver cursos
Doutor em Estética (especialidades arte visual e teatro) pela Universidade Paris 8 (França). Em 2013, publicou, “De l'art de l'installation - La spatialité immersive” (“Da arte da instalação - A espacialidade imersiva”) na Editora L'Harmattan (Paris - França). Escreveu vários artigos sobre a arte da instalação em ligação com o corpo, o espaço urbano e o político. Realizou instalações e performances na França e no Rio de Janeiro, onde mora desde 2013.

Amália Lima

Ver cursos
Iniciou seus estudos em Dança no ano de 1984 na cidade de João Pessoa- Pb, onde atuou como bailarina do grupo "Contratempo", dirigido por Stella Paula. Nos anos 1989/90/91 residiu em São Paulo onde estudou na Escola Ismael Guiser e integrou como bailarina a "Cia da Dança”, dirigida por Vera Francini e Tony Dhemar. Teve sua Formação em Dança Contemporânea concluída em 1996 no Rio de Janeiro, pela Escola Espaço Novo- Centro De Estudos Do Movimento E Artes. Como Preparadora Corporal trabalhou com o grupo de teatro "Cia de Arte Deu Palla " ( Bh-Mg -1998), Cristina Moura ( RJ- 2012), Lia Rodrigues Cia de Danças ( Rj - desde 2006 até hoje), entre outros. Desde 1999 integra a Lia Rodrigues Cia de Danças como bailarina e atualmente também atua como Assistente de Direção. No Centro de Artes da Maré , em 2013 e 2015 fez a coordenação do "núcleo 2" para jovens aprendizes do projeto de Formação da" Escola Livre De Dança Da Maré”.
bio-ana-kiffer

Ana Kiffer

Ver cursos
Professora-associada do Departamento de Letras da PUC-Rio (desde 2005). Doutora em Letras pela UERJ, foi diretora de programa no Collège International de Philosophie Paris (2007-2013). É bolsista produtividade CNPq (desde 2009). Atuou como curadora da exposição "Cadernos do Corpo" (CCJF, 2016). Especialista na obra de Antonin Artaud, publicou Antonin Artaud – uma poética do pensamento (Espanha, 2003) e Antonin Artaud (EDUERJ, 2016), além de organizar as publicações Les Désaccords du Temps (ed. UFR, Paris, 2010), Experiência e Arte Contemporânea (ed. Circuito, 2013), Sobre o Corpo (7Letras, no prelo). Fundadora e colaboradora da revista DR, é colunista da CAIS e colaboradora na revista VERA K. Sua pesquisa dá ênfase às questões relacionadas com o corpo, a escrita, a literatura e a fome.

Ana Miguel

Ver cursos
Ana Miguel é artista. As relações humanas, a literatura, as palavras, os deslizamentos dos sentidos e a experiência do tempo, dos sentimentos e dos afetos constituem a matéria do seu trabalho desconcertante e pleno de humor. Ana atualmente vive e trabalha no Rio de Janeiro, cidade onde nasceu. É gravadora e desenvolve, a partir dos anos 80, obras tridimensionais e instalações. Já realizou mais de quinze exposições individuais, dentre elas Fechar os olhos para ver, na Galeria Laura Marsiaj em 2010 e Je tʼadore, no Espace Galerie Flux, Liège, Bélgica, em 2006. Sua obra está presente em coleções particulares e públicas no Brasil e no exterior.
Analu Cunha

Analu Cunha

Ver cursos
Artista, pesquisadora e curadora. Doutora em Linguagens Visuais pela Escola de Belas Artes (EBA-UFRJ/Sorbonne Paris 1) e Bacharel em Comunicação Visual pela EBA-UFRJ. Foi aluna dos artistas Aluísio Carvão, José Maria Dias da Cruz (MAM/RJ) e Anna Letycia Quadros (Museu do Ingá, Niterói) e, nos anos 1990, fez parte do grupo carioca de discussão em arte contemporânea Visorama. Expõe regularmente no Brasil e no exterior. Desde 2004 trabalha com videoarte.

André Sampaio

Ver cursos
André Sampaio (Rio de Janeiro, 1975) é realizador de documentários, ficções e filmes marcados por experimentações de linguagem. Dirigiu os longas STROVENGAH – Amor Torto e Santo Daime – Império da Floresta. É codiretor e montador do longa Conceição – autor bom é autor morto. Realizou curtas associados ao cinema de invenção entre eles O Palhaço Xupeta, Polêmica e Tira os Óculos e Recolhe o Homem. Produziu em diversos formatos (16mm/ 35mm e digital para tv e web) com destaque em montagem de trabalhos de outros realizadores tais como Camilo Cavalcante, Cavi Borges, Claudio Assis, Eduardo Valente, Luciano Vidigal, Luiz Paulino dos Santos, Roman Stulbach dentre muitos outros. Colaborou editando vídeos e instalações dos artistas visuais Cabelo, Gabriela Gusmão, Jarbas Lopes, Paulo Paes, Rodrigo Braga e Xico Chaves. Formado em Cinema pela UFF/ Mestre em Memória Social e Documentos pela UNIRIO.
anna-bella-geiger

Anna Bella Geiger

Ver cursos
Artista. Graduada em Letras Anglo-Germânicas pela UFRJ e em Sociologia da Arte pela New York University. Realizou exposições, recebeu prêmios e bolsas no Brasil e no exterior. Seus trabalhos integram coleções como a do MoMA (Nova York) e a do Centre Georges Pompidou (Paris). Publicou, com Fernando Cocchiarale, o livro Abstracionismo geométrico e informal (Funarte, 1987).
bia-amaral

Bia Amaral

Ver cursos
Graduada em Projeto Gráfico na Escola de Belas Artes da UFRJ, cursou desenho e teoria no MAM, RJ, litografia, serigrafia, fotografia e pintura na Escola de Artes Visuais do Parque Lage e gravura em metal na PUC-Rio. A partir dos anos 80 participa de diversos salões e coletivas no Brasil e exterior. Mostra seu trabalho em exposição individual em 1988, em Curitiba, e 1991 e 2004 no Rio de Janeiro. Recebeu o prêmio Estágio de Gravura no Salão de Arte Contemporânea de Pernambuco em 1987. Ministrou cursos de gravura no MAM, RJ, no Sesc-Tijuca, na Mostra Rio Gravura em 99. Desde 93 é professora da Escola de Artes Visuais do Parque Lage e faz parte da equipe que em 1998 implantou o NAT_EAV.
bob n

Bob N

Ver cursos
Bob N vive e trabalha no Rio de Janeiro. Faz arte desde criança. Usa protetor solar, mas às vezes esquece. Estudou com Ivan Serpa, Orlando Mollica e Jan van Eyck, mesmo. A Felicidade às vezes mora aqui, MAC – Niterói, 2013, 29ª Bienal de São Paulo SP (programação dos terreiros) 2010, Pindorama Lounge individual MAM-RJ 2009, A Gentil Carioca – Rio de Janeiro, 2008 RJ, Ncruzilounge, Bienal de Liverpool (The Independent), 2002, Contemplation Room Overgaden Gallery – Copenhagen, Dinamarca, 2002.Um Século de Arte Coleção Gilberto Chateaubriand, MAM – RJ, Pinacoteca – SP, 2006, VERBO, Galeria Vermelho – São Paulo, SP, 2005, Salão da Bahia, MAM – BA, 2000, RJ. www.bobn.ws
bio-brigida-baltar

Brígida Baltar

Ver cursos
Brígida Baltar Iniciou sua obra nos anos 90 com ações intimistas que refletiam a mistura das suas vivências com uma atmosfera ficcional. As fotos, ações e filmes de Brígida Baltar nos levam a natureza e ao corpo: é dali que Brígida retira o sentido de sua obra. Natureza como fábula. O corpo como material de investigação. A partir das experiências com tijolos e desenhos com pó de tijolo, Brígida Baltar se interessa cada vez mais pelos trabalhos feitos a mão, esculturas de porcelana, bronze, desenhos e bem recentemente bordados. Participou da 1ª Bienal da América, em Denver (2010), Panorama de Arte Brasileira (2007), 25ª Bienal de São Paulo (2002) e 5ª Bienal de Havana (1994).
Bruno-Miguel-2

Bruno Miguel

Ver cursos
Nasceu no Rio de Janeiro, em 1981, cidade onde vive e trabalha. Artista visual atuante formou-se em Lic. em artes plásticas e pintura pela Escola de Belas Artes da UFRJ. Foi aluno de diversos cursos no Parque Lage, incluindo o Aprofundamento. Deu aulas, em 2010, na Escola de Belas Artes da UFRJ, e é professor da Escola de Artes Visuais do Parque Lage desde 2011.
carli-portella

Carli Portella

Ver cursos
Artista. Estudou no MAM-RJ, onde também ministrou cursos livres de desenho e pintura (1974-1986). Participou de exposições no Brasil e no exterior, entre as quais se destacam a primeira, a segunda e a quarta edições do Salão Nacional de Artes Plásticas (MAM-RJ, 1978, 1979 e 1981), "Território ocupado" (EAV Parque Lage, 1986) e "Brazilian visual poetry" (Texas, EUA, 2001).
Charles Watson

Charles Watson

Ver cursos
Formado pela Bath Academy of Art, Inglaterra. É professor da EAV Parque Lage, onde foi vice-presidente, participante do conselho de direção e coordenador do núcleo de pintura. Dirigiu o Prêmio Johnnie Walker de Arte Contemporânea e foi diretor no Centro de Arte Hélio Oiticica – RJ. Foi avaliador de portfólios para Universidade das Artes de Londres (Central St. Martins, Camberwell, Chelsea, London School of Fashion, London School of Design). Instrutor e palestrante sobre O Processo Criativo para diversas empresas e instituições, incluindo Globo, Natura,Ipiranga, Dow Chemical Brasil e Vale do Rio Doce. Idealizador e diretor do projeto Dynamic Encounters International Art Workshops.
chico-cunha

Chico Cunha

Ver cursos
Artista. Graduado em Arquitetura e especialista em História da Arte e Arquitetura no Brasil pela PUC-Rio. Foi aluno da EAV Parque Lage. Entre suas exposições destacam-se "Como vai você, Geração 80?" (EAV Parque Lage, 1984), 18ª Bienal de São Paulo (1985) e V Bienal de Havana (1994).

Coletivo Gráfico

Ver cursos
Formado em 2010, o Coletivo Gráfico é composto por oito artistas que atuam nos campos da arte, do design, da moda e da pesquisa acadêmica. Buscando outras abordagens para a gravura, o grupo utiliza mídias como xilogravura, litografia e serigrafia como meios alternativos de reprodução de imagens. As ações realizadas pelo grupo procuram integrar o trabalho de cada um de seus componentes em uma proposta de autoria coletiva, que muitas vezes engloba também a colaboração de participantes de fora, bem como do próprio público. Um dos trabalhos mais conhecidos do grupo é a ocupação do muro do Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto.
daniel-jablonski

Daniel Jablonski

Ver cursos
Daniel Jablonski (1985) é artista plástico e pesquisador independente. Sua produção, conjugando teoria e prática, investiga a formação de novas mitologias do contemporâneo e discursos do cotidiano. Em Paris e posteriormente em Nova York, obteve, respectivamente, o título de mestre em Filosofia contemporânea (Sorbonne - Panthéon) e em História da arte / Estudos de crítica e curadoria (Institut National d’Histoire de l’Art / Columbia University). Participou ainda, ao longo de 2014, do Programa de Artistas do Instituto Di Tella, em Buenos Aires.

Daniel Steegmann Mangrané

Ver cursos
Daniel Steegmann Mangrané nasceu em 1977 em Barcelona, Espanha, e vive no Rio de Janeiro desde 2004. Seu trabalho tem sido mostrado extensivamente em museus do mundo todo como por exemplo o Museu de Arte Moderna de Medellín (2016), Inhotim, Brumadinho (2016), Museu de arte moderna do Rio de Janeiro (2015), CRAC Alsace (2014), Centro de arte 2 de Mayo de Madrid (2014), Museu de arte moderna de São Paulo (2013), Casa França Brasil (2013), a Renaissance Society de Chicago (2013), Museu Experimental el Eco da Cidade do México (2013), ou o Museu de Rivoli de Torino (2012). Também tem participado das bienais e trienais de Berlin (2016), do New Museum de New York (2015), de Cuenca (2014), de Marrakesh (2014), do Mercosul (2013) e de São Paulo (2012).

Daniela Seixas

Ver cursos
Artista, mestre em Processos artísticos contemporâneos e licenciada em Artes visuais pela UERJ. Participou de diversas exposições, como as coletivas: 10ª Bienal do Mercosul: Mensagens de Uma Nova América (Usina - Porto Alegre), Deslize (MAR – Rio de Janeiro), Through the surface of the page (DRCLAS, Harvard University – Massachusetts), City as a process (Parallel program, 2nd Ural Industrial Biennial of Contemporary Art – Rússia), Prêmio EDP nas Artes (Instituto Tomie Ohtake - São Paulo), entre-vistas (Programa Aprofundamento EAV Parque Lage – Rio de Janeiro); e as individuais: A riscar (Paço das Artes – São Paulo), Drawing error (Zip'up, São Paulo), Como habitar palavras ou outros objetos (Flip – Sesc Paraty) e Tarefas rarefeitas (Galeria Ibeu - Rio de Janeiro).
daniella geo

Daniella Géo

Ver cursos
Curadora e crítica independente residente em Antuérpia, Bélgica. Doutora em Estudos cinematográficos e audiovisuais pela Sorbonne Nouvelle-Paris III. É curadora da 4e Biennale de Lubumbashi, RDCongo (2015). Foi co-curadora da 5e Biennale internationale de la Photographie et des Arts visuels de Liège. Curadorias recentes incluem as retrospectivas Charif Benhelima: Polaroids 1998-2012, MAC de Niterói, MON, Curitiba, e Roger Ballen: Transfigurações, fotografias 1968-2012, MAM-Rio, MON, Curitiba, MAC-USP.
David Cury

David Cury

Ver cursos
David Cury é artista visual. Mestre em Artes Visuais (UFRJ) e Especialista em História da Arte e Arquitetura no Brasil (PUC-Rio), desde 2005 é orientador da oficina Antiformas de intervenção na EAV-Parque Lage, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha. Atua em suportes e meios diversos. Entre instalações e intervenções, realizou: “Corumbiara não é Columbine” (Europalia/BozarMuseum, Bruxelas, 2011), “É com o sexo que os homens se deitam, pedindo como anões o seu Ascenso” (Fromthemargintotheedge/SomersetHouse, Londres, 2012). Em 2013 e 2014, recebeu indicação ao Prêmio da Fundação Cisneros para Arte Latino-Americana, sediada em Miami.

Denise Cathilina

Ver cursos
Artista. Graduada em Artes Cênicas pela Uni-Rio, ex-aluna da EAV Parque Lage. Professora de fotografia desde 1997, participou de exposições individuais e coletivas em instituições como Paço Imperial, Casa França-Brasil e Centro de Arte Hélio Oiticica, todas no Rio.

Domingos Guimaraens

Ver cursos
Poeta e artista visual, doutor em Literatura Cultural e contemporaneidade e professor da PUC-Rio. Desde 2008 trabalha com o coletivo OPAVIVARÁ!. De 2003 a 2006, foi um dos organizadores do CEP20000, Centro de Experimentação Poética, que existe no Rio desde 1990. Editou o livro de poemas A Gema do Sol (2006) e, juntamente com Os Sete Novos, lançou o livro Amoramérica (2008) e Um Épico (cArtonerA cArAAtApA, 2013). Tem textos publicados em antologias de poesia no Brasil e no exterior, além de ser um dos colunistas da revista eletrônica ORNITORRINCO.
edmilson

Edmilson Nunes

Ver cursos
Edmilson Nunes estudou Arquitetura e Urbanismo na UFRJ, onde teve seu primeiro contato com Arte, conhecendo Celeida Tostes e Lygia Pape, entre 1985 a 1990. Em 1992, estudou no núcleo de aprofundamento da EAV-Parque Lage. Em 1993 fez sua primeira individual na Galeria Anna Maria Niemeyer. Em 2007 individual no Paço Imperial RJ. Desde 2002 faz a direção artística da escola de samba mirim "Pimpolhos da Grande Rio". Foi professor nas oficinas do Museu do Ingá de 2003 a 2008.

Evany Cardoso

Ver cursos
Artista. Licenciada em Artes Plásticas pela EBA-UFRJ e ex-aluna da EAV Parque Lage. Realizou exposições individuais como "Nuvens e pedras" (Galeria 90, Rio, 2006), "Uma página, uma imagem" (2003), e "Cartografias poéticas" (Portugal e Espanha, 2001).

Fernanda Lopes

Ver cursos
Curadora assistente do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e professora da Escola de Artes Visuais do Parque Lage (RJ) e do Departamento de Arquitetura da PUC-Rio. Doutoranda no Programa de Pós-Graduação da Escola de Belas Artes da UFRJ, é organizadora, ao lado de Aristóteles A. Predebon, do livro Francisco Bittencourt: Arte-Dinamite (Tamanduá-Arte, 2016). Em 2012 recebeu Bolsa de Estímulo à Produção Crítica (Minc/Funarte) com pesquisa publicada sobre a Área Experimental do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (Funarte/Figo Editora, 2013): Área Experimental: Lugar, Espaço e Dimensão do Experimental na Arte Brasileira dos Anos 1970. Foi Membro do Conselho Cultural da Galeria IBEU (RJ, 2013-2014), Curadora associada de Artes Visuais do Centro Cultural São Paulo - CCSP (2010-2012) e editora dos sites ARTINFO Brasil (2012-2013) e Obraprima.net (2000-2004). Mestre em História e Crítica de Arte pela EBA/UFRJ (2006), sua tese de mestrado, “Éramos o time do Rei” - A Experiência Rex, ganhou o Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça, da FUNARTE, em 2006, e em 2009 foi publicada pela Alameda Editorial (SP). Entre as curadorias que vem realizando desde 2009 está a Sala Especial do Grupo Rex na 29a Bienal de São Paulo (2010).

Fernanda Zerbini

Ver cursos
Artista plástica e arte educadora. Graduada em Fotografia, Arte e Cultura na Senac, São Paulo. Trabalhou como arte educadora no Projeto Pólen, Espaço Cria, Rio de Janeiro. Cenografia na Fábula, com Nina Becker. E assistências para artistas como Nuno Ramos, Laura Vinci, Luiz Zerbini, Rubens Espírito Santo, Caio Reisewitz.
Fernando-Cocchiarale

Fernando Cocchiarale

Ver cursos
É professor de Filosofia do Departamento de Filosofia da PUC-RJ (desde 1978) e da Escola de Artes Visuais do Parque Lage desde 1990. Autor de livros como Abstracionismo Geométrico e Informal: A Vanguarda Brasileira dos Anos 50 (com Anna Bella Geiger), Rio de Janeiro, MEC/ Funarte, 1987 e Quem Tem medo da Arte Contemporânea, Recife, Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2006, publicou cerca de 200 artigos, textos e resenhas em coletâneas, catálogos Jornais e revistas de arte do Brasil e do exterior (tais como o Jornal do Brasil, RJ; Módulo, RJ; Guia das Artes, SP; Galeria e ArtNexus, Colombia). Foi membro da Comissão Curadora do Projeto Rumos Visuais de 1999 a 2000; curador-coordenador do mesmo Projeto entre 2001 / 2002 e, de novembro de 2000 a agosto de 2007, curador do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Foi curador da Casa de Cultura Laura Alvim, no Rio de Janeiro (2011/2012) e curador das mostras de arte contemporânea do Santander Cultural, Recife (2011). É doutor em Tecnologias da Comunicação e Estética pela Escola de Comunicação da UFRJ (2012)
Franz-Manata

Franz Manata

Ver cursos
Franz Manata é artista, curador e professor. Mestre em Linguagens Visuais pela EBA UFRJ, formado em Economia, Sociologia e Administração Financeira pela PUC MG. Foi coordenador de produção, curador assistente e co-curador do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro por oito anos. Atua como consultor de arte para instituições públicas, coleções particulares e corporativas. Como artista, participa de projetos solo e coletivos no Brasil e exterior. Desde 1998 desenvolve um duo com Saulo Laudares, articulando diversas mídias e áreas do conhecimento.

Fred Carvalho

Ver cursos
Artista, Doutor em Linguagens Visuais pela UFRJ. Professor da Escola de Belas Artes da UFRJ. Pesquisador em arte contemporânea pela UFRJ. Escreve textos sobre arte, atua como curador e faz parte de um coletivo. Participou de várias exposições coletivas e individuais.

Frederico Coelho

Gianguido Bonfanti

Gianguido Bonfanti

Ver cursos
São Paulo, 1948. Desenhista, gravador, pintor e escultor. Discípulo de Poty Lazzarotto (1962-1969), frequentou a Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1968-1970) e a Academia di Belle Arti di Roma, na Itália (1971-1973). Iniciou suas atividades docentes na Escola de Artes Visuais do Parque Lage em 1978, onde atualmente dá aulas de Desenho de Modelo Vivo. Entre suas principais exposições individuais, destacam-se: Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro em 1996, Museu de Belas Artes, Rio de Janeiro, em 2000 e 2002, Galerie Le Troisième Oeil, Paris, em 2005 e Bordeaux em 2006, e Paço Imperial em 2009. Foram publicados sobre sua obra os livros Bonfanti (Moudon: Acatos, 2005) e Bonfanti: através do espelho (Rio de Janeiro: Contra Capa, 2009.
Giodana-Holanda

Giodana Holanda

Ver cursos
Artista. Doutora e mestre em Design pela PUC- Rio na linha de pesquisa em arte e tecnologia, e graduada em Arquitetura e Urbanismo pela UFPE. Possui formação complementar e experiência nas áreas de gravura, fotografia e imagem digital, tendo participado de exposições individuais e coletivas nessas áreas. É professora da Escola de Artes Visuais do Parque Lage desde 1984, onde atua nos núcleos de Imagem Gráfica e de Arte e Tecnologia; foi cofundadora do NAT_EAV (Núcleo de Arte e Tecnologia) em 1998, tendo participado de projetos de ensino no núcleo; foi coordenadora de ensino em 1988, e da EAV entre 1991 e 1993. Tem como área de interesse em suas pesquisas, cursos e trabalho individual questões relacionadas ao cotidiano urbano e à mobilidade, narrativas digitais, cartografias subjetivas e uso de aplicativos para dispositivos móveis.

Gleyce Kelly Heitor

Ver cursos
Gleyce Kelly Heitor/Recife (1982) – Vive e trabalho no Rio de Janeiro Educadora e pesquisadora. Graduada em História (UFPE), mestre em Museologia e Patrimônio (Unirio-Mast) e doutoranda em História Social da Cultura (PUC-RJ). Tem experiência com projetos voltados para as colaborações entre o museu e a escola, formação de mediadores e programas públicos em museus. Suas pesquisas têm como temas a relação entre o museu, a arte contemporânea e a educação. As interfaces entre a museologia e o pensamento social brasileiro e as relações entre os museus e os movimentos sociais. Se interessa pelas pedagogias feministas e populares e por práticas de mediação extra-institucionais. No Rio de Janeiro, atuou como pesquisadora/educadora do Núcleo Experimental de Educação e Arte do MAM - RJ (2011-2012) e integra, desde 2013, a equipe responsável pela implementação da Escola do Olhar - Museu de Arte do Rio, onde ocupa atualmente o cargo de Coordenadora Pedagógica. Foi contemplada, em 2016, com a bolsa de Intercâmbio Acadêmico IBRAM – Escola do Louvre, através da qual realizou um estágio profissional na Diretoria de Mediação e Programação Cultural do Museu do Louvre.
Guilherme-Bueno

Guilherme Bueno

Ver cursos
Curador, crítico e historiador da arte. Doutor em Artes Visuais (História da Arte) pela UFRJ, professor do Instituto de Artes da UERJ e do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da PUC-Rio. Atua como colaborador no Programa de pós-graduação em arquitetura da UFRJ e na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Dirigiu de 2009 a 2012 o MAC de Niterói, ex-editor-chefe da revista Dasartes. Foi curador de diversas mostras sobre arte moderna e contemporânea brasileira no país e no exterior e colabora regularmente para revistas, catálogos e livros.
bio-guilherme-gutman

Guilherme Gutman

Ver cursos
Psicanalista, professor de psicologia da PUC-Rio, curador independente e crítico de arte. Médico psiquiatra, mestre e doutor em saúde coletiva pelo Instituto de Medicina Social da UERJ, vem desenvolvendo uma investigação e um modelo de pensamento que articulam arte, psicanálise e filosofia. É autor de inúmeros artigos, capítulos de livros e do livro William James & Henry James: filosofia, literatura e vida (Subversos).

Guto Carvalho Neto

Ver cursos
Em 2008, formou-se em design de moda pela Universidade Cândido Mendes, em 2009 foi viver em Paris para aprofundar os seus conhecimentos. Durante esse período, trabalhou como visual merchandising para uma marca de prêt-à-porter francesa e paralelamente desenvolveu sua pesquisa focada na precisão e técnicas da alta costura parisiense. Em 2011, lança sua marca, buscando experimentar materiais e formas não comuns à moda comercial unidas às semelhanças estéticas entre o sertão e o oriente, contaminando-se também pelo cinema, e pelas artes visuais.
Iole-de-Freitas

Iole de Freitas

Ver cursos
Artista. Realizou diversas exposições no Brasil e no exterior, entre as quais se destacam a 12ª Documenta de Kassel (2007) e as Bienais de Paris (1975) e Veneza (1978). Dirigiu o Instituto Nacional de Artes Plásticas (1988-1989). Professora desde 1994, orienta grupos de análise da produção contemporânea.

Ivan Pascarelli

Ver cursos
Responsável pela área de montagem e design dos espaços de exposições da Funarte de 1991 a 2008; Coordenador de Artes Visuais do Centro de Artes Visuais da Funarte de 2000 a 2008. Algumas mostras em que atuou como Arquiteto e Designer de montagem: A vanguarda no Uruguai - Barradas e Torres Garcia - CCBB RJ 1996; Franz Weissmann - Uma Retrospectiva - MAM RJ e CCBB RJ 1998; Mostra Rio de Arte Contemporânea - MAM RJ 2002; Arte Foto - CCBB RJ 2003 e BRASÍLIA 2004; Facchinetti - CCBB RJ 2004.

Iza Valente

Ver cursos
Bacharel em Arquitetura e Urbanismo e Pós-Graduada em Economia e Gestão da Sustentabilidade em Construção Civil, inicia seus estudos na Escola de Artes Visuais do Parque Lage em 1997. Como assistente de cenografia desenvolveu e produziu projetos para os cenógrafos Luís Stein, Marcos Flacksman, entre outros. De 1999 a 2002 faz parte da equipe de cenografia do escritório Estratosfera_GringoCardia. Como assistente de cenografia desenvolveu e produziu projetos para os cenógrafos Luís Stein, Marcos Flacksman, entre outros. Ministrou aulas de Artes Plásticas e Cenografia na Faculdade de Arquitetura da universidade Santa Ursula no período de 2005 a 2010. Em 2007 cria o espaço ARQ_YÀ escritório/atelier onde realiza projetos para Arquitetura, Cenografia e Artes Visuais.
Jacqueline Siano

Jacqueline Siano

Ver cursos
(JacSiano) é artista-pesquisadora, doutoranda em Processos Artísticos Contemporâneos pelo PPGArtes-UERJ. Vive e trabalha no Rio de Janeiro onde desenvolve pesquisa sobre as relações entre arte e espaços de prática. Iniciou sua formação em artes na EAV-Parque Lage no ano de 1993. Desde 2004 participa de exposições em diversas cidades do Brasil. Nos anos de 2005 e 2006 integra a equipe de educação no MAM-RJ sob coordenação de Maria Tornaghi, passando a seguir, a compor a equipe do núcleo de Crianças e Jovens da EAV-Parque Lage, onde atua como professora.
joao-atanasio

João Atanásio

Ver cursos
Artista. Graduado em Biblioteconomia pela Universidade Santa Úrsula. Estudou na EAV Parque Lage, Faculdade de Bellas Artes San Fernando em Madri e foi bolsista do atelier de gravura do Museu Espanhol de Arte Contemporânea. Participou de exposições no Brasil e no exterior, entre elas o Salão Nacional de Artes Plásticas, “Grande Orlândia”, 7ª Triennale de Chatelier na França e Bienal de Taiwan.
João-Carlos-Goldberg

João Carlos Goldberg

Ver cursos
Artista e arqueólogo. Realizou exposições no Brasil e no exterior, entre as quais se destaca "Reinstalação 1992-2008", na Galeria Anna Maria Niemeyer (2008). Foi professor do MAM-RJ (1969-1973) e diretor da EAV Parque Lage (1991-1993). Desde 1982 é professor titular da Faculdade de Arquitetura da Universidade Estácio de Sá.
João-Magalhães

João Magalhães

Ver cursos
Artista. Mestre em Linguagens Visuais pela EBA-UFRJ. Realizou exposições individuais em instituições como Paço Imperial, Pinacoteca do Estado de São Paulo e MAM-RJ. No exterior, destacam-se exposições na Cité des Arts (Paris) e na Galeria Olaf Clasen (Colônia). Recebeu o prêmio Icatu das Artes (1995).

Joel Pizzini

Ver cursos
Cineasta, pesquisador, autor de ensaios documentais premiados internacionalmente como "Caramujo-Flor" (1988), "Enigma de Um Dia"(1996)"Glauces" (2001) e "Dormente" (2006), Joel Pizzini conquistou com os longas"500 Almas" (2004) e "Anabazys"(2009), além da seleção oficial no Festival de Veneza, os prêmios de Melhor Filme, Som, Fotografia, Especial do Júri, Montagem, nosFestivais do Rio, Mar Del Plata, e Brasília. Para a televisão, a convite do Canal Brasil,realizou os retratos "Um Homem Só"(2001), "Elogio da Luz"(2003), "Retrato da Terra"(2004), "Helena Zero" (2006), entre outros. Conselheiro da Escolado Audiovisual de Fortaleza e Professor da PUC- Rj (pós-graduação em Comunicação) e Faculdade de Artes do Paraná, Pizzini foi artista residente da Unicamp do Arsenal/Fórum da Berlinale, dentro do projeto “Living Archive”. Trabalha ainda como Curador da Restauração da obra de Glauber Rocha .
Julio-Castro

Julio Castro

Ver cursos
Vive e trabalha no Rio de Janeiro, artista e coordenador do Estudio Dezenove em Santa Teresa. Ex aluno do Parque Lage, é graduado em Gravura pela EBA-UFRJ e trabalha sobretudo com imagem gráfica. Realizou diversas exposições no Brasil e exterior, entre as quais no Espaço Cultural Sergio Porto (2000), Galeria Cândido Mendes (2001), Centro Português de Serigrafia (Lisboa-2007), Galeria Marcantônio Vilaça (Bruxelas-2008).
Retrato Lisette Lagnado

Lisette Lagnado

Ver cursos
Crítica de arte, curadora independente, pesquisadora, professora e escritora, Lagnado se formou em Jornalismo pela PUC-SP, onde defendeu mestrado em Comunicação e Semiótica sobre a obra de Mira Schendel. Em 2003, obteve o título de doutora em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP) com uma tese sobre o programa ambiental de Hélio Oiticica. Curadora de várias exposições, como "A presença do ready-made" (1993), no MAC-USP, que lhe valeu o Prêmio de Melhor Exposição do Ano da APCA; 27ª Bienal de São Paulo ("Como Viver Junto"), em 2006; “Desvíos de la deriva” (2010), no Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía, em Madri; e 33º Panorama do MAM de São Paulo (2013). Desde agosto de 2014 é diretora da Escola de Artes Visuais do Parque Lage.

Lucas Parente

Ver cursos
Gormado em história pela Universidade Federal Fluminense, mestre em cinema documentário na Universidade Autônoma de Barcelona e em filosofia na Universidade de Vincennes–Saint-Denis (Paris 8). Videasta e pesquisador, escreve textos de ficção e de antropologia visual além de produzir filmes que atravessam diversos gêneros e formatos – vídeo-arte, documentário experimental, cinema fantástico e filme-ensaio –, buscando traçar relações entre a teoria da comunicação, a história do urbanismo e a história das religiões. Tem realizado projetos em parceria com artistas e cineastas (André Parente, Felipe Mourad, Juruna Mallon, Kiluanji Kia Henda, Leonardo Araujo, Lucía Santalices, Luísa Nóbrega e Rodrigo Brum). Dentre seus trabalhos se destacam a Carta Número 1, vencedor do Prêmio Roman Gubern de Filme-Ensaio (2009), a co-edição da revista eletrônica Astro-Lábio (2010), a vídeo-instalação A Bela e a Fera ou Uma Ferida Grande Demais realizada em parceria com André Parente e exposta no MAR (Museu de Arte do Rio, 2014/15), e o média-metragem Satan Satie ou Memórias de um Amnésico, realizado em parceria com Juruna Mallon (2015).

Luisa Duarte

Ver cursos
Luisa Duarte é crítica de arte e curadora independente. É crítica de arte do jornal O Globo, desde 2009. Mestre em filosofia pela Pontifícia Universidade Católica - PUC-SP. Doutoranda em teoria da arte pela UERJ em 2017. Foi por cinco anos membro do Conselho Consultivo do MAM-SP (2009-2013). Foi curadora do programa Rumos Artes Visuais, Instituto Itaú Cultural (2005/ 2006); Foi coordenadora geral do ciclo de conferências "A Bienal de São Paulo e o Meio Artístico Brasileiro - Memória e Projeção", plataforma de debates da 28ª Bienal Internacional de São Paulo, 2008; Foi curadora de quatro edições do Red Bull House of Art, projeto de residências artísticas e mostras no centro de São Paulo voltado para artistas em começo de trajetória, 2009/2010; Foi curadora da exposição coletiva "Um Outro Lugar", MAM - SP, 2011; integrou a equipe de curadoria de Hans Ulrich Obrist para a mostra “The Insides are on the Outside”, Casa de Vidro de Lina Bo Bardi, São Paulo, 2013; Foi organizadora, em dupla com Adriano Pedrosa, do livro ABC – Arte Brasileira Contemporânea, Cosac & Naify, 2014. Foi organizadora, em dupla com Pedro Duarte, do Seminário Internacional Biblioteca Walter Benjamin, MAR - Museu de Arte do Rio de Janeiro, 2016.
Luiz-Ernesto

Luiz Ernesto

Ver cursos
Artista. Ex-aluno da EAV Parque Lage, foi seu diretor de 1998 a 2002. Em 1992, foi contemplado com bolsa de estudos no Glasgow Print Studio pelo British Council. Integrou a mostra "Como vai você, geração 80?" (EAV Parque Lage, 1984). Desde 1982, participa de exposições no Brasil e no exterior.
Luiza_Baldan

Luiza Baldan

Ver cursos
Artista. Doutoranda em Linguagens Visuais na UFRJ, Mestre pela mesma universidade e Bacharel em Artes Visuais pela Florida International University (2002), com formação complementar na EAV Parque Lage. Desde 2002 participa de diversas exposições individuais e coletivas, tanto no Brasil como no exterior, além de ter recebido prêmios como a Bolsa/residência no CRAC Valparaiso (Rumos Artes Visuais Itaú Cultural 2011-2013), XI Prêmio Marc Ferrez de Fotografia (Funarte) e Brown & Marion Whatley Scholarship.
bio-magno-caliman

Magno Caliman

Ver cursos
Compositor formado pela UFRJ, performer e pesquisador, atualmente pesquisa e desenvolve métodos e materiais para ensino de programação e áudio no Programa de Pós-Graduação em Música da UNIRIO. Trabalha com áudio e tecnologia em diversas áreas. Projeta e desenvolve sistemas interativos de som para exposições e outros artistas sonoros como Dora Longo Bahia, Arto Lyndsay e Claudia Fares, em trabalhos apresentados em festivais dentro e fora do país, como Europalia.Brasil, Panorama de Arte Brasileira e Made by... Feito por Brasileiros. Ministra cursos e oficinas de programação para áudio pelo Brasil, é ex-professor de áudio digital, produção e mixagem na OMiD Academia de Áudio em São Paulo. Como artista explora códigos e circuitos eletrônicos como material de criação para performances sonoro-musicais em diversos meios eletrônicos, acústicos e multimídia. Integra o duo de guitarras Butai Karakuri e o duo de black metal abstrato II|III.

Marcelo Campos

Ver cursos
Professor e coordenador de graduação-Instituto de Artes da UERJ. Doutor em Artes Visuais- PPGAV da EBA-UFRJ. Textos publicados em periódicos e catálogos nacionais e internacionais. Curador das exposições Faustus, de José Rufino, Palácio da Aclamação, Salvador(2009); E agora toda terra é barro, de Brígida Baltar, CCBNB, Cariri e Fortaleza(2008/2009); Sertão contemporâneo, Caixa Cultural-RJ e Salvador(2008/2009).
Marcelo Rocha

Marcelo Rocha

Ver cursos
Artista. Mestre em filosofia, professor de história e teoria da arte e pesquisador da UERJ . Seus trabalhos integram coleções públicas e privadas de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro É curador da coleção Guilherme Magalhães Pinto Gonçalves e sócio da Nau Consultoria de Arte.
bio-bonisson

Marcos Bonisson

Ver cursos
Marcos Bonisson é artista e Mestre em Estudos Contemporâneos das Artes (UFF). Nasceu e trabalha na cidade do Rio de Janeiro. É graduado em Letras (UESA) e Pós-graduado em Arte e Cultura (UCAM). Estudou gravura, desenho e fotografia na EAV Parque Lage (1978-1981). Começou a trabalhar com fotografia e filme Super 8 no final da década de setenta e com vídeo nos anos oitenta. Participou da 27ª Bienal Internacional de São Paulo em 2006. Publicou o livro Arpoador (Nau, 2011) e o livro Pulsar (Binóculo, 2013). É professor de artes do Iuperj/Ucam e do Ateliê Oriente. Suas mais recentes exposições individuais foram Pulsar no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM), em outubro de 2013 e Arpoador na Maison Européenne de la Photographie (MEP- Paris) em junho de 2015.
bio-martin-ogolter

Martin Ogolter

Ver cursos
Nasceu na Áustria. Em 1990 mudou-se para Nova Iorque, onde graduou-se na renomada School of Visual Arts. Em Nova York trabalhou como Diretor de Arte em editoras e gravadoras, como Penguin Books e Atlantic Records. A partir de 1994, teve suas fotos publicadas em capas de discos, além de livros e revistas internacionais de design e fotografia, o que lhe rendeu prêmios. Há mais de onze anos o artista está radicado no Rio de Janeiro, cidade onde vive e trabalha, na qual realizou sua primeira exposição individual em 2011, ele também tem participado em feiras de arte, tais como: SP ARTE, ART RIO e SP ARTE-FOTO.
bio-michelle-sommer

Michelle Sommer

Ver cursos
Doutora em História, Teoria e Crítica de Arte pelo PPGAV/UFRGS (2012-2016), com estágio doutoral junto à University of Arts London / Central Saint Martins (2015) na área de estudos expositivos, com bolsas CNPQ e CAPES, respectivamente. É mestre em Planejamento Urbano e Regional pelo PROPUR/UFRGS (2003-2005) na área de cidade, cultura e política e arquiteta e urbanista pela PUCRS (1997-2002). É autora do livro 'Práticas Contemporâneas do Mover-se' (2015), resultante de premiação pública Rumos Itaú Cultural 2013-2014 e 'Territorialidade Negra: a herança africana em Porto Alegre, uma abordagem sócio-espacial' (2011), resultante de premiação pública Fumproarte. Em 2016 foi curadora residente no Museo Experimental del Eco, da Universidade Autônoma do México (UNAM), fruto de premiação para residência internacional do Centro Cultural São Paulo. É integrante do corpo docente na Escola de Artes Visuais Parque Lage / RJ e, atualmente, em conjunto com Gabriel Pérez-Barreiro, prepara exposição sobre o pensamento crítico de Mário Pedrosa para o Museu Reina Sofia / Madri, para abril de 2017, com ênfase em arquitetura e arte moderna brasileira. Contribui regularmente para publicações nacionais e internacionais e realização de projetos de artes visuais em diversos formatos, incluso coordenação de residências artísticas. Atua no ensino, pesquisa, crítica e curadoria de artes visuais.
bio-nadam-guerra

Nadam Guerra

Ver cursos
Artista formado em teatro e mestrando em artes visuais. Colabora com os artistas Michel Groisman no DESMAPAS e Domingos Guimaraens no Grupo UM. Atua como organizador de eventos de arte como o festival de performance V::E::R (EAV, 2005 e Terra UNA, 2011). Coordena a residência artística Terra UNA. Ministrou cursos de performance no México (ex-teresa arte actual), na Argentina (Universidade de San Martin) e em diversas cidades do Brasil.
Nena Balthar

Nena Balthar

Ver cursos
Artista e doutora em processos artísticos no Instituto de Arte/UERJ. Participa de exposições no Brasil e exterior. Recebeu prêmios no 1º Salão Cândido Portinari, no 1º Salão de Inverno da UFRJ e o prêmio Rede Nacional Funarte de Artes Visuais – 7a edição. Sua obra figura em coleções públicas como o Museu de Arte do Rio (M.A.R). Trabalha com desenho, performance e vídeo.Participou de diversos projetos de educação em museus e centros culturais como Museu do Açude, Paço Imperial, Museu Nacional de Belas Artes e SESC-RJ. Fez parte da equipe de educação do MAM-RJ entre 1999 e 2006 sob coordenação de Maria Tornaghi. Foi professora de Litografia na EAV – Parque Lage de 1990-1992 sendo em seguida convidada a fazer parte do núcleo de Crianças e Jovens da mesma escola onde permanece como professora até hoje. Vive e trabalha no Rio de Janeiro.

Pedro Rocha

Ver cursos
Idealizador do FalaPalavra (com os poetas Chacal, Guilherme Zarvos, Michel Melamed, Viviane Mosé, Eber Inácio, Ericson Pires, Guilherme Levi). Tem trabalhos publicados em diversas revistas como O Carioca, Et. Cétera, O Pasquim, Cepensamento, entre outras. É autor de 11 (Azougue, 2002), Chão Inquieto (7letras, 2010) e A Experiência do Calor – Jardim só Flor (cArtonerA cArAAtApA, 2013). Integra a antologia Cajita de Música – poetas hispanoamericanos del siglo XXI, organizada por Augusto Rodriguez (2011). Em 2014 lançou o selo LábiaGentil em parceria com A Gentil Carioca, Dantes Editora e Pedro Lago, onde editou o livro “Experiência do Calor”, com o artista visual Cabelo.
Rafael-Alonso

Rafael Alonso

Ver cursos
Artista. Doutorando em Linguagens Visuais pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Escola de Belas Artes da UFRJ. Graduou-se em Pintura na mesma instituição. Fez parte do Programa de Aprofundamento da EAV Parque Lage em 2010. Em seus trabalhos propõe negociações entre a pintura e o cotidiano, expõe regularmente desde 2003.
bio-rebecca-lockwood

Rebecca Lockwood

Ver cursos
Rebecca Lockwood é jornalista, cozinheira e pesquisadora. Depois de fazer gastronomia no Senac no Rio, vai à Paris e, em 2002, se forma na escola de cozinha francesa Le Cordon Bleu. Passa alguns anos entre Portugal e Brasil, assina cardápio em diversos restaurantes, trabalha desde sushi girl até se tornar chef no Castelo de Ferragudo. De volta ao Brasil, inicia uma pesquisa em comunicação e gastronomia para a tese de conclusão do curso de jornalismo, em 2006. Gerencia a parte social da Sociedade Hípica Brasileira, faz catering para eventos particulares e participa de experiências e performances gastronômicas no campo das artes. Trabalha com produção cultural e edição de livros também. Em 2012, abre o restaurante Abaporu. Atualmente se prepara para um doutorado no mesmo tema deste curso, na França, em que pesquisa a culinária na História da Arte.

Remier Lion

Ver cursos
REMIER (Rio de Janeiro, 1971) trabalha há 27 anos como pesquisador na área de cinema e audiovisual. Fez pesquisa iconográfica para diversos documentários, filmes de ficção e de animação, entre eles, Raul Seixas - O Início, o Fim e o Meio (Walter Carvalho, 2011); Marighella (Isa Grinspum Ferraz, 2011); 3 Pontos: o Basquete, o Rap e o Jejum (Rafael Terpins, 2013); O Menino e o Mundo (Alê Abreu, 2013); Sabotage: Maestro do Canão (Ivan 13P, 2015); Palácio Monroe - Crônica da Demolição (Eduardo Ades, 2015); Menino 23: Infâncias Perdidas no Brasil (Belisário Franca, 2016). Trabalhou como programador de filmes e Coordenador de Difusão da Cinemateca Brasileira e nos arquivos de documentação da Cinemateca do MAM-RJ. Publicou Ivan Cardoso - O Mestre do Terrir (Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2008), biografia do cineasta carioca, e editou o catálogo Acervo Circo Voador 1982-1997 (Secretaria de Cultura da Prefeitura do Rio de Janeiro, 2015). Fez também pesquisa iconográfica para a exposição Linguagens do corpo carioca [a vertigem do Rio] (Museu de Arte do Rio, 2016), curadoria de Milton Guran e Paulo Herkenhoff.

Ricardo Mansur

Ver cursos
Desenhista de som, músico, compositor, diretor de áudio e diretor cinematográfico. Desde 1987, compõe e produz trilhas para teatro, televisão e cinema. Finalista do prêmio da música brasileira com o cd Terra de Índio na categoria revelação, 1995. Diretor de música e áudio da TPA - Televisão Pública de Angola, 2002. Produtor musical e arranjador dos Cds de João de Aquino "A Taba e o Tambor"(2005), "Máquina Comovente" de Marco Jabu (2003) e “Sambambas” de Davi do Pandeiro (2003). Professor do Senac do curso de produção musical (2007). Desenhista de som e mixador dos longas: "Paixão e Virtude", direção Ricardo Miranda (2014). "Feio, eu?", direção Helena Ignez (2013), "Dois Casamentos", direção Luiz Rosemberg Filho (2015), "Flutuantes" de Rodrigo Savastano (2015) entre outros e vários curta-metragens. Diretor cinematográfico do filme "Quinto Andar", Premiado no Festival Visões Periféricas 2013. Mixador da série televisiva Brasil Visual, direção Rosa Melo. Curador da Mostra do filme livre 2015/2016. Criador do curso "O Som no Cinema – Do conceito à finalização".
Ricardo-Mello

Ricardo Mello

Ver cursos
Fotógrafo com licenciatura em Educação Artística e especialização em Artes Visuais pela Metodista Bennett e pós-graduação em Cinema/Documentário pela FGV-RJ. Trabalhou como editor responsável pelas áreas de fotografia e vídeo do jornal O Globo. Atua como curador de exposições fotográficas e de mostras de vídeo. Participou de exposições e recebeu o Prêmio ILFORD de Fotografia. Atualmente, dedica-se à pesquisa de novas narrativas visuais e à produção de conteúdo multimídia.

Rodrigo Garcia

Ver cursos
Rodrigo Garcia Dutra nasceu em 1981 no Rio de Janeiro. Ele possui MA em Fine Arts pela Central Saint Martin of Art and Design, em Londres (2009) com bolsa da Lismore Castle Scholarship e Escultura no Royal College of Arts, em Londres (2014). Recebeu prêmios da Fundação Bienal de São Paulo, Programa Brasil Arte Contemporânea, entre outros. Participou das seguintes exposições recentemente: '10ª Bienal do Mercosul: Mensagens de Uma Nova América', Porto Alegre, Brazil, 'Tomorrow: London', na South London Gallery, 'Histórias Mestiças' no Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, 'Abstract Ground', individual na Marian Cramer Projects, Amsterdam, Netherlands, '18th International Contemporary Art Festival SESC_Videobrasil: 30th Anniversary, São Paulo e ‘Open Cube’ na White Cube, London, UK.
Rogério Emerson Magalhães

Rogério Emerson Magalhães

Ver cursos
Formado no Teatro Tablado em 1979, começou no grupo “O Pessoal do Despertar” participando de atividades, como ator, contrarregra, sonoplasta, iluminador e produtor. Assistente de iluminadores Jorginho de Carvalho e Luiz Paulo Nenen, e trabalhando na Oficina de Luz, participando de espetáculos, shows e eventos, além de vivenciar a trajetória do Circo Voador. Iluminador dos shows de Chico Buarque ede espetáculos de teatro, música e eventos culturais. Assistente de produção no Free Jazz, Calton Dance e Rock in Rio e shows internacionais da Madona e Rolling Stones. Ilumina projetos arquitetônicos e exposições de arte: MAM, Mac, Paço e outros. Ministra aulas de “Iluminação para Artes”, faz coordenação técnica ,como no Centro de Artes da Maré.

Ronaldo Macedo

Ver cursos
Pintor, inicialmente ligado às vertentes construtivas da arte brasileira, vem desde a década de 70 exibindo regularmente sua obra, firmando-se como um dos mais destacados pintores de sua geração. Participou da Bienal Internacional de São Paulo, 1973 e 1987. Arte Latino Americana Contemporânea, Museu de Arte do México, 1987. Foi um dos diretores da Galeria de Arte do Centro Empresarial Rio, responsável pelo lançamento dos novos artistas nos anos 80. Em 1990, realizou mostra extensiva no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Sechs aus Rio na Galeria Maertz, Linz Austria em 1993 e Paço Imperial no Rio de Janeiro em 1996. Entre 2009 e 2014, exposição itinerante com outros artistas brasileiros em Tóquio, Cairo, Rabat, Paris e Viena.
bio-rosa-branca

Rosa Branca

Ver cursos
Rosa Branca entrou no mundo da culinária em 1996 como estagiária do buffet Ateliê Culinário, no Rio de Janeiro. Em 1999 parte pra Nova Iorque para estudar culinária francesa e patisserie no The French Culinary Institute e em 2001 passa pelo Culinary Institute of America, desta vez explorando a cozinha mediterrânica. Foi chef do restaurante Guimas no Rio de Janeiro entre 2005 e 2006 e em seguida parte para a Espanha onde desenvolveu técnicas de culinária molecular no El Cellar de Can Roca (três estrelas Michellin). Na volta muda-se para São Paulo onde foi chef do buffet Viko, chef de confeitaria da renomada paulistana Bel Coelho até tornar-se, em 2010, personal chef do então presidente da Fundação Bienal de São Paulo, Heitor Martins. Atualmente no Rio, dá aulas de culinária, faz eventos e preocupa-se particularmente em utilizar sempre ingredientes saudáveis, de qualidade e boa procedência.
Simone Rodrigues

Simone Rodrigues

Ver cursos
SIMONE RODRIGUES é artista e pesquisadora, trabalha há 20 anos com projetos de ensino, produção e curadoria de fotografia. Especializada em história da fotografia, é Mestre em História Social da Cultura pela PUC-Rio. Realizou a curadoria de “Outros Tempos”, mostra de videoarte brasileira (Galeria Maria Lucília Cruz, Lisboa, 2013); da exposição “Qual é a sua?”, de jovens fotógrafos brasileiros (Festival Encontros da Imagem , Portugal, 2012). Realizou a pesquisa e curadoria da exposição, com publicação de catálogo “A Pintura em Pânico - fotomontagens de Jorge de Lima” (Caixa Cultural RJ, 2010); Mestre em História da Cultura pela PUC-Rio, fez parte do grupo diretor do Foto in Cena (1993-98) e do Ateliê da Imagem (1999-2007). Desde 2008 à frente da NAU Editora, vem produzindo livros de arte, ciências humanas e fotografia. Contemplada no II Programa de Fomento à Cultura Carioca (2014) com a série de retratos “Nomes do Amor”.
Sonia-Salcedo

Sonia Salcedo

Ver cursos
Arquiteta e Urbanista (USU-RJ), Cenógrafa (UNI-RIO), Especialista em História da Arte e da Arquitetura (PUC/RJ), Mestre em História e Critica da Arte (EBA/UFRJ) e Doutora em Artes Visuais (EBA/UFRJ/RJ). É profissional da Fundação Nacional de Arte (Funarte) integrante do corpo técnico do Centro de Artes Visuais no âmbito curatorial. Pesquisadora e docente é autora dos livros Cenário da Arquitetura da Arte - montagens e espaços de exposições , Poética Expositiva e Arte de Expor – cuadoria como expoesis. Artista curadora idealizou exposições no Rio, São Paulo e outras cidades brasileiras e estrangeiras, assim como Bruxelas, Frankfurt, Merida, Colonia e Buenos Aires. Arquiteta premiada pela UIA, tem experiência carnavalesca, televisiva e teatral realizando cenário, figurino, pesquisa e produção de arte.
Susana Spadaccini

Susana Spadaccini

Ver cursos
Laureada em gravura pela UFRJ. Curso de extensão em desenho pela UFMG. Estudos adicionais na EAV, Parque Lage. Curso de pós-graduação em restauração do Palazzo Spinelli, Itália. Residências e cursos de especialização no âmbito da gravura não tóxica. Lecionou nas oficinas gráficas do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, onde participou de vários projetos. Vem expondo em diversas mostras e bienais em seu país e no exterior. Trabalha como artista visual, com procedimentos gráficos e outras mídias. Dedica-se, também, ao ensino, à orientação e à pesquisa de técnicas tanto tradicionais quanto contemporâneas, com ênfase em métodos menos tóxicos de gravura.
Suzana Queiroga

Suzana Queiroga

Ver cursos
Artista visual. Doutoranda em História das Ciências, das Técnicas e Epistemologia - HCTE-COPPE/UFRJ. Mestre em Linguagens Visuais pela EBA-UFRJ. Participou de exposições no Brasil e no exterior, como as individuais Olhos D'Água (MAC/ Niterói, 2013), Velofluxo (CCBB Brasília e Museu da Chácara do Céu, Rio, 2008-2009), In between (EAV, 2004) e Como vai você, Geração 80? (EAV, 1984). Recebeu prêmios como a Bolsa RioArte (1999) I Prêmio Nacional de Arte Contemporânea da Funarte (2005), 5 Prêmio Marcantonio Villaça (2012) e Prêmio Aquisição na XVIII Bienal da Cerveira, Portugal (2015).
bio-tanja-baudoin

Tanja Baudoin

Ver cursos
Foi curadora do Programa "If I Can't Dance, I Don't Want To Be Part Of Your Revolution" em Amsterdã, Países Baixos, onde coordenou o desenvolvimento de uma série de projetos comissionados com artistas e pesquisadores. Também coordenou projetos educativos e produziu as publicações do evento. Participou do programa do CAPACETE no Rio de Janeiro em 2015. Estudou História da Arte da Universidade de Amsterdã.
Thiago_barros

Thiago Barros

Ver cursos
Bacharel em Comunicação Social pela UFRJ, fotógrafo e representado pela Galeria Tempo - RJ. Leciona fotografia desde 1999 na Sociedade Fluminense de Fotografia e desde 2010 na EAV Parque Lage. Trabalhou como laboratorista durante dezoito anos ampliando fotografias para grandes profissionais e entidades. Possui imagens em publicações, expõe em mostras individuais e coletivas no Brasil e no exterior. Recebeu o Prêmio Internacional Juan Rulfo de Fotografia e atualmente, dedica-se a estudos e residências artísticas nacionais e internacionais. Seus trabalhos incorporam as coleções da Maison Européene de la Photographie, Gilberto Chateubriand e Museu Nacional de Belas Artes.
Tina Velho

Tina Velho

Ver cursos
Midiartista, professora e coordenadora do Núcleo de Arte e Tecnologia e das Oficinas de Imagem Gráfica da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Graduada no curso de Gravura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1989. Estudou na Escola de Artes Visuais do Parque Laje e no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Integra o 1º GT de Arte Digital do Conselho Nacional de Políticas Cultural do Ministério da Cultura. Seu trabalho inclui experimentos a partir de tecnologias digitais de transmissão de imagens ao vivo geradas pelo sistema de câmeras de vigilância.
bio-valerio

Valerio Ricci Montani

Ver cursos
Valerio Ricci Montani (Campiglia Marittima, Itália, 1976), vive e trabalha no Rio de Janeiro. E’ graduado e pós-graduado em Artes Visuais na Accademia di Belle Arti di Frosinone e di Roma, Itália. Foi residente no Mongin Artist in Residence Program em Seoul em 2011 e na HSF – Harlem Studio Fellowship em Nova York em 2009. Suas principais exposições foram: Novas Aquisições, Coleção Gilberto Chateaubriand (MAM Rio de Janeiro, 2014), Ausência Aguda Presença, texto de Gloria Ferreira (Sesc Copacabana, Rio de Janeiro, 2013), Colata Band! (CIAC, Genazzano, 2011), 54. Bienal de Veneza (Padiglione Italia della Biennale di Venezia, 2011), Mongin Open Studio 2011 (Mongin Art Center, Soul, 2011), Sŏul 서울 (MLAC, Roma, 2011), Italian Artists New York (ISCP International Studio & Curatorial Program, New York, 2009). Sua obras estão presentes nas coleções de Gilberto Chateaubriand, MAM – Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro; Collezione Musumeci Greco, Roma; Nomas Foundation, Roma.

Xico Chaves

Ver cursos
Formado em Artes e Ciência da Comunicação pela Universidade de Brasília e Centro Universitário de Brasília, Notório Saber em Artes Visuais pela Universidade de Brasília(UnB), artista visual, poeta e mediador cultural, radicado no Rio de Janeiro. Na UnB cursou paralelamente à formação básica Direção e Arquitetura Teatral, Música Eletroacústica e Experimental, Cinema, Construção de Instrumentos Musicais. Participou de diversos movimentos poéticos e artísticos contemporâneos e exposições, no Brasil e exterior.

Yasmim Flores

Ver cursos
Artista plástica e educadora da Casa Redonda Centro de Estudos. Se formou na FAAP com complementação de estudos na École des Beaux-Arts em Paris e a Arte do Brincante para Educadores no Instituto Brincante. Ministrou oficinas de arte para crianças e bebês no Mamusca SP, Itaú Cultural, MAM SP, Ongs e em seu próprio atelier.

Ynaiê Dawson

Ver cursos
Artista visual e membro do coletivo de arte Opavivará! Possui formação em fotografia pela Universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro (1999-2003), pós-graduaçãoem Fine Art Media pela Slade School of Fine Art emLondres (2004) e Mestre em Filosofia Estética pela Universidade Nova de Lisboa (2009-2011). Frequentou a Escola Maumaus, em Lisboa (2007), e a Escola de Artes Visuais do Parque Lage no Rio de Janeiro (2000-2003 e 2015). Participou das residências Sítio das Artes, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa (2007) e Creative Hubem Berlim (2013). Possui trabalhos em coleções particulares e públicas brasileiras, destacando-se a Coleção Gilberto Chateaubriand – MAM-RJ e a do Museu de Arte Moderna da Bahia. Foi assistente e/ou fotografou o trabalho de artistas como Tunga, Miguel Rio Branco, Pedro de Moraes, Jocelyn Bain-Hogg e João Pedro Vale. Outro trabalhos incluem produções audiovisuais, chef de cozinha (E5 Bakehouse, Londres),
bio-zoe-gruni

Zoè Gruni

Ver cursos
Zoè Gruni (Pistoia, Itália, 1982), vive e trabalha no Rio de Janeiro. Graduada em Pintura na Accademia di Belle Arti di Firenze, Itália, dedica-se a arte contemporânea desde 2001. Os trabalhos multimídia dela foram exibidos em muitas exposições na Itália, França, Inglaterra, Bulgária, Alemanha, Estados Unidos e Brasil. Entre outras: Intervenções Bradesco Artrio, Museu da Republica (Rio de Janeiro, 2016), La Torre di Babele, Centro Pecci Prato (Itália, 2016), Premio Fondazione VAF - Posizioni attuali dell’arte italiana, Palazzo della Penna, Perugia; Schauwerk, Sindelfingen (Stuttgart); Stadtgalerie, Kiel (Itália-Alemanha, 2014-2015), Sur Biennal, Torrance Art Museum, CA (U.S., 2013), MexiCali Biennial, Vincent Price Museum, Los Angeles (U.S., 2013), 54° Biennale di Venezia; Biennale Giovani Monza (Itália, 2011). Foi artista residente na FAAP de São Paulo em 2013 e em Raid Projects - Estside International de Los Angeles em 2011. Trabalhou com a Galeria Progetti no Rio de Janeiro. Atualmente colabora com a Galerie Depardieu de Nice na França e o trabalho dela é representado na Itália pela Galleria Il Ponte de Florença.