Eventos

VARANDA SONORA com Pedra Pomes

VARANDA SONORA com Pedra Pomes
Sexta-feira . 22 de novembro . 19:00
Varanda da Biblioteca | Centro de Documentação e Pesquisa – EAV Parque Lage

Sexta-feira 22 de novembro de 2019 às 19h, na biblioteca da Escola de Artes Visuais do Parque Lage, acontece a 7ª edição do VARANDA SONORA e o convidado é o duo de arte transmídia Pedra Pomes, criado por Marta Supernova e Anicca.

Através do cruzamento entre arte contemporânea e pista de dança, o duo propõe ao corpo – em transe e trânsito – deslocamentos táteis, audíveis e visuais através de trabalhos em artes visuais, vjing e dj sets. O duo entende a arte – e o espaço de celebração – não como foco, mas como forças motrizes que embalam as relações, impulsionando novos formatos de interação. Seus trabalhos são construídos de forma a envolver, alegrar, restaurar, tranquilizar e também propor ao público uma “fruição intelectualmente implicada, um transe político”.

Para o sétimo Varanda Sonora, Pedra Pomes concebeu a instalação sonora “Cada um tem um mar” – composição sonora para as conchas. Segundo o duo: “É uma instalação sonora que tem como ponto de partida a capacidade física da concha de captar os sons residuais, marginais do ambiente e transmiti-los como um som outro, uma outra identidade formada pela reunião do que sobra, do que ficou de lado, instigando e revelando a delicadeza das sensações através de uma composição sonora para as conchas do mar. A experiência sensorial proporciona um momento de contemplação e imersão a partir da interação do toque do som no corpo que é visual e audivelmente evidenciada através da cortina de conchas que tilintam, mexem e ressoam com a pressão sonora de uma Composição dedicada à beleza da sutileza e à delicadeza das guardiãs do som do mar.”

A cada edição de VARANDA SONORA os professores e artistas Franz Manata e Saulo Laudares recebem um convidado para compartilhar seu percurso, pesquisas e experiências.

Leia mais sobre VARANDA SONORA aqui.

Minibios integrantes Pedra Pomes
Marta Supernova é uma artista multimídia e dj que reside no Rio de Janeiro. Pesquisa sua identidade através de ancestralidade, espiritualidade, de seu corpo queernegrolatino e dos afetos-encontros que fazem criar-se e recriar-se uma necessidade.

Anicca formou-se em cinema, desenvolve projetos autorais e experimentais dentro do cenário do cinema independente e participa de grupos artísticos. Atualmente participa do duo Pedra Pomes.