EAV Parque Lage
Eventos

Escola Livre – Encerramento 2019

Escola Livre – Encerramento 2019
Domingo . 15 de dezembro
11:00 – 22:00
Aberto ao público | Gratuito

No domingo, dia 15 de dezembro, acontece a celebração de fim de ano letivo da Escola de Artes Visuais do Parque Lage.

O encerramento conta com a Mostra EAV Parque Lage 2019 – apresentação dos trabalhos de mais de 500 alunos da EAV. Durante um dia (DOM. 15 de dez) será possível ver os projetos expostos por todo o palacete: salas de aula, salão nobre, pátio da piscina e na área verde do Parque.

Além da mostra, a celebração coincidirá com a abertura das duas exposições dos programas gratuitos de formação, e contará com performances, feira gráfica, atividade infantil do Parquinho Lage e shows musicais.

Nas cavalariças, capelinha e galeria I da EAV Parque Lage será possível conferir as exposições ESTOPIM e SEGREDO (saiba mais) e Como nos movemos, como queremos nos mover? (saiba mais) com trabalhos dos 50 alunos-artistas bolsistas do Programa Deformação e Programa Formação, ambos gratuitos e realizados ao longo de 2019.

Para encerrar a celebração, haverá uma programação musical no Pátio da Piscina, das 19:00 às 22:00. Irão se apresentar neste data: Bicuru – acu, Lou Pipa, Marta Supernova e DJ Ursinho.


PROGRAMAÇÃO
11:00 – 20:00. Mostra EAV Parque Lage 2019 – Mostra dos alunos da Escola de Artes Visuais do Parque Lage
11:00 – 20:00. Abertura das Exposições ESTOPIM e SEGREDO e Como nos movemos, como queremos nos mover?
11:00 – 19:00. Feira Gráfica dos Alunos da Escola de Artes Visuais do Parque Lage
11:00 – 18:00. Livro Xaxará (escultura) por Camilla Rocha Campos na Biblioteca | Centro de Documentação e Pesquisa
11:00 – 13:00. Atividade Poesia e Corpo do Parquinho Lage no espaço da piscina com Pedro Rocha e Regina Neves


PROGRAMAÇÃO MUSICAL
18:00. Performance sonora Fissura por Lucas Carvalho
19:00. Bicuru – açú por Claymara Borges & Heurico Fidélis (Alexandre Dacosta e Lucília de Assis)
19:30. Lou Pipa em VernisLage participação: Nathanne Rodrigues, Pitter Rocha, Marta Supernova e Vinicius Monte
20:00. Marta Supernova
21:00. DJ Ursinho também conhecido como Herbert de Paz


Informações importantes para os alunos que irão expor:

Sábado, dia 14 de dezembro:
MONTAGEM DA MOSTRA FINAL DOS ALUNOS – de 10:00 às 19:00

Montagem nas salas de aula e montagem da Feira Gráfica no entorno da piscina com 12 mesas pranchão. Cada aluno é responsável pela montagem e desmontagem de sua obra, bem como o material e ferramentas necessárias.
Cada aluno poderá trazer apenas 1 (uma) obra, com dimensão máxima de 1m².

Domingo, dia 15 de dezembro:
MOSTRA DOS ALUNOS – de 11:00 às 20:00

18:00 – 20:00 desmontagem da feira gráfica
20:00 – 22:00 desmontagem da exposição dos alunos

É de responsabilidade do aluno trazer o trabalho dia 14 e levá-lo no dia 15.


MINI BIOS

Camilla Rocha Campos é auto-revolucionária, artista, professora, escritora, mãe. Institucionalmente possui mestrado em Teoria da Arte (UERJ). Atualmente é diretora da residência artística internacional CAPACETE e professora do programa de Deformação na escola de artes visuais do Parque Lage.

Lou Pipa é cantora, compositora, artista plástica, performer, fotógrafa, videoartista. De São Paulo, se graduou em Diseño de Imagen y Sonido pela Universidade de Buenos Aires, Argentina. Em 2012, formou sua primeira banda, Lavanda, composta por cinco mulheres e uma bicha, cada uma de um país latinoamericano. No Rio de Janeiro fez a Escola de Música Villa Lobos e atualmente estuda na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Com seus blues autoral “Vida Dupla” ganhou os prêmios de melhor intérprete e melhor música no FestVilla, em 2017. Teve composições gravadas por Ana Frango Elétrico, Duda Brack e Arthus Fochi. Fez parte do EP “Negro Flor”, compilado de mulheres musicistas produzido pela Residência São João. Foi integrante da Jazzepan, big band com releituras de clássicos do jazz que tocava nas ruas de Copacabana. Atualmente prepara seu primeiro projeto autoral como cantora, fundindo ritmos brasileiros com música eletrônica, rock experimental e jazz.

Lucas Carvalho é baiano de Santo Antônio de Jesus, artista sonoro, músico/produtor residente na cidade do Rio de Janeiro. O artista possui como norte da sua pesquisa a música híbrida de caráter experimental através do uso de suportes eletrônicos (live-electronics). Tem caminhado paralelamente à produção audiovisual, em meio ao desenvolvimento de processos relacionados à pós-produção de áudio e composição de trilhas sonoras.

Marta Supernova é artista visual e sonora e DJ que reside no Rio de Janeiro. Como DJ tocou em festas como Gop Tun, Domply, Coro.Fundo, Querida Intriga, 0000010001I, O/nda e Mariwo. Tem seu selo independente de música e arte contemporânea Pedra Pomes. Sua poética gira em torno de representações de corpos dissidentes, negrodescendentes, de seu gosto e afetações em diversos gêneros e experimentações.

Ursinho é dj e artista visual de El Salvador (conocido como Herbert De Paz), gosta de reggaeton, cumbia, pop, reggae e dancehall.