Conversas

Oficina com Thini-á, índio da etnia Fulni-ôA Silenciosa Alma Brasileira

Dia 30 de julho de 2015, quinta-feira, das 19h30 às 22h

 

Thini-á, índio da etnia Fulni-ô, proporciona uma possibilidade para mergulhar no universo indígena e pessoal de sonhos e desejos mais ocultos e que, por não haver tempo de escutar o que canta o coração, deixa-se escapar, enquanto a vida passa em disparada. Uma Vivência: “Um Jeito Índio de Vir-Ver a Vida” é um exercício de vir e ver a vida natural, para melhor vivê-la.

A alma silenciosa brasileira tem a missão de resgatar o índio fugidio, que escondido numa dobra do tempo salta e vem resgatar a nossa contemporânea ancestralidade.

Programação:

Canto de abertura, como se organiza uma sociedade indígena para um conviver em harmonia;
Roda para limpeza espiritual;
Cantos e danças ancestrais.

LOCAL: Oca Kupixawa – EAV Parque Lage.