Conversas

Conversa com José Pedro Croft, Luiz Camillo Osorio e Otavio Leonídio Ribeiro

Dia 26 de março de 2015, quinta-feira, às 20h
Conversa entre o artista português José Pedro Croft, o curador Luiz Camillo Osorio e o professor Otavio Leonídio sobre escultura e arquitetura, entre outros assuntos afins.

Salão Nobre da EAV Parque Lage

A Escola de Artes Visuais do Parque Lage recebe o artista português José Pedro Croft, o crítico e curador Luiz Camillo Osorio e o arquiteto e urbanista Otavio Leonídio Ribeiro para uma conversa sobre Escultura e Arquitetura, a marcação de território e os seus limites, a viagem e as suas metáforas, quando o olhar nômade se fixa e o olhar fixo se movimenta. Os anos 1980 em Portugal e na Europa, as relações entre referências locais e mundo da arte. Espaços externos e galerias, o trabalho no ateliê, a repetição, o trabalho manual, a fabulação ficcional, o visível e o invisível.

José Pedro Croft nasceu em 1957 no Porto. Atualmente vive e trabalha em Lisboa. Expõe individualmente com regularidade desde 1981, de onde se destacam das exposições mais recentes: Chiado 8 – Arte Contemporânea (2011), Lisboa; Galeria Mário Sequeira (2011), Braga; Projeto Contentores P28 (2010), Docas de Alcântara, Lisboa; Galeria Filomena Soares (2009), Lisboa; Galería SENDA (2009), Barcelona; Marília Razuk Galeria de Arte (2009), São Paulo; Pinacoteca do Estado de São Paulo – Museu de São Paulo de Arte Contemporânea (2009), São Paulo, entre outras.

Luiz Camillo Osorio é doutor em Filosofia PUC-Rio, professor do Departamento de Filosofia da PUC-Rio, curador do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Foi crítico de arte do Jornal O Globo entre 1997 e 2008. Foi professor de Estética da UNIRio entre 1994 e 2008. Autor dos livros: “Flavio de Carvalho”, (2000); “Abraham Palatnik”, (2004); “Razões da Crítica”, (2005) e “Angelo Venosa”, (2008). Fez inúmeras curadorias independentes.

Otavio Leonidio Ribeiro é doutor em História, professor do Curso de Arquitetura e Urbanismo e Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da PUC-Rio. Fez Pós-Doutorado no Departamento de Literatura Comparada da Universidade de Stanford, Califórnia. Autor, entre outros, de Carradas de razões: Lucio Costa e a arquitetura moderna brasileira (PUC-Rio/Loyola, 2008).