EAV Parque Lage

Arte Sonora

Arte Sonora

Manata Laudares – After Nature, 2008. Instalação sonora urbana – Registro dos artistas

Professores: Franz Manata e Saulo Laudares

Semestral 2020.2
04 de agosto a 08 de dezembro
Terças, de 19h às 22h
R$ 1710,00 ou 5x de R$ 342,00

botao_venda

*Leia atentamente todas as normas de matrícula antes de se inscrever. Clique aqui.
A matricula online não oferece desconto. A política de descontos só é oferecida na matrícula com pagamento via boleto bancário.


ARTE SONORA, ARTE CONTEMPORÂNEA, MÚSICA EXPERIMENTAL, MÚSICA CONTEMPORÂNEA, COLETIVOS DE ARTE, ARTE E ATIVISMO

SOBRE
É um curso prático, teórico e de acompanhamento de projetos que estimula o desenvolvimento do pensamento dos artistas e de seus trabalhos na interface arte, som e tecnologia, em suas diversas abordagens.

CONTEÚDO
Temas a serem trabalhados ao longo do período do curso: arte sonora, definição e antecedentes; uma categoria do século XX; a valorização do entorno acústico; o rádio, o fator midiático da era do som; os marcos tecnológicos; a tecnologia de áudio no pós-guerra; música concreta francesa (RFT) e música eletrônica alemã (WRD); música eletroacústica; a espacialização do som; a difusão sonora enquanto técnica e poética; paisagem sonora e ecologia acústica; o computador e a era digital; a digitalização e manipulação do sonora; o sintetizador cruza a fronteira do POP, o Synthpop; a produção de um campo simbólico pós arte conceitual; Fluxus e a “idéia” de “música”; arte sonora e a arte contemporânea; da vanguarda ao mainstream; a síntese audiovisual e o flerte com a música; cientistas do ritmo e a era do sampler; alguns desafios e possibilidades na era da economia da informação; a era digital e a revolução no fazer, nos meios técnicos e no endereçamento; arte e música no Brasil; contaminação e transbordamento de fronteiras; arte sonora, visual e relacional.

DINÂMICA
Aula expositiva por videoconferência
Exercícios semanais com acompanhamento coletivo em aula.
Acompanhamentos individuais com debates coletivos em aula.
Compartilhamento de referências semanais com debates coletivos em aula

PÚBLICO
Indicado para pessoas interessadas em desenvolver processos artísticos e pessoas com processos artísticos em andamento.

REFERÊNCIAS

LICHT, Alan; Sound Arte – Beyond music, between categories, Rizzoli, NY, 2007

D-MILLER, Paul; Unbound Sound–Sampling digital music and culture, The MIT Press, London, 2008

BENNETT, Roy; Uma Breve História da Música, Jorge Zahar Editor, RJ, 1982

BEATRICE, Lucas, Ed.; Sound & Vision, Damiani Editore, Bologna, 2008

Art e contexto no. 11 – Art Culture Nuevos Medios; Revista, Editada em Madrid, 2006

VAN ASSCHE, Christine; Sonic Process – A New Geography of Sounds, Exposição em Barcelona, Paris e Berlin, 2002- 03

COLIN, Anna; Sound Art, Resonance Magazine – Supplement, London, 2005

RAWLINGS, F.; Música para Filmes, Coleção Diafragma – Prelo, Lisboa, 1982

Vídeos, CDs e Internet serão disponibilizados (YouTube, Ubu, entre outros)

RECURSOS NECESSÁRIOS
Acesso à internet
Computador ou celular com câmera

SECRETARIA
– Todos os cursos online emitem certificado.
– A matrícula online não oferece desconto.
– A política de descontos só é oferecida na matrícula com pagamento via boleto bancário.

DUO MANATA LAUDARES
Manata Laudares é uma dupla de artistas visuais/conceituais, composta por Franz Manata (artista, curador e professor) e Saulo Laudares (artista, professor e DJ), ambos brasileiros, residentes no Rio de Janeiro. O duo surge em 1996, a partir da observação acerca do universo do comportamento e a cultura da música contemporânea e vem investigando o papel social do artista, o objeto da arte, sua relação com a tradição e o papel do público na era da economia da informação.
Seus trabalhos assumem diversos formatos: espaços de imersão, instalações, residências, cursos e performances que se desdobram em produtos: fotografias, vídeos, objetos sonoros etc. Os artistas vem realizando programas de residência e participando de mostras, individuais e coletivas, dentro e fora do Brasil. Foram contemplados com o Prêmio Interferências Urbanas, indicados ao Prêmio Pipa e possuem trabalhos em importantes coleções e acervos. Desde 2009, coordenam o programa Arte Sonora na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. São representados pela Sé Galeria, SP.

FRANZ MANATA
Artista, curador e professor. Mestre em Linguagens Visuais pela EBA-UFRJ, com formação em Economia e especialização em Sociologia e Administração Financeira na PUC-MG. Trabalhou, durante oito anos, no departamento curadoria do MAM-RJ. Nos últimos anos, publicou textos, participou de debates, encontros, palestras e comissões de seleção. Atualmente leciona na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, RJ, é curador independente e consultor de arte para instituições públicas, coleções privadas e corporativas. Como artista trabalha em parceria com Saulo Laudares desenvolvendo o duo Manata Laudares, e desde 1998 vem participando de exposições individuais e coletivas, no Brasil e exterior. São representados pela Sé Galeria, em São Paulo.

SAULO LAUDARES
Artista, DJ produtor e professor. Começou suas atividades em 1996, em Belo Horizonte – MG e, desde então, vem realizando um conjunto de trabalhos que articulam a produção sonora e visual. Leciona arte sonora na EAV desde 2009 e, como artista, expõe e participa de programas de residência, projetos solos e coletivos, no Brasil e no exterior. Desde 1998 desenvolve um duo com Franz Manata, articulando diversas mídias e áreas do conhecimento.