Artivismo Queer-Feminista - Grupo de pesquisa e produção

Artivismo Queer-Feminista -  Grupo de pesquisa e produção

Professoras: Roberta Barros e Simone Rodrigues

1º semestre
19 de março a 02 de julho
Segunda-feira, 19:00–22:00
R$ 380,00/mês

Resumo do programa
Grupo de trabalho com ênfase no desenvolvimento de projetos (individuais e/ou coletivos) no campo dos estudos sobre feminismo, gênero, corpo e sexualidade. Proposta eminentemente prática, tem como objetivo realizar obras que se insiram e participem criticamente da atualidade dos movimentos sociais feministas, lgbt e queer. Os projetos receberão orientação e serão alimentados com pesquisas de referências, leituras e discussões teóricas relacionadas aos temas abordados. O programa é aberto às pesquisas de linguagem de diversos meios (fotografia, vídeo, desenho, pintura, performance, etc.). Vai enfatizar as relações entre arte e ativismo e os vínculos entre estética, ética e política.

Roberta Barros – Artista visual, pesquisadora e professora. Mestre e doutora em Artes Visuais pela EBA-UFRJ. Autora do livro Elogio ao Toque: ou como falar de arte feminista à brasileira, fruto de pesquisa vencedora do Prêmio Gilberto Velho de Teses. Em 2016, foi responsável pela organização de conteúdo e curadoria do evento Diálogos sobre o feminino: contextos brasileiros nas artes (visuais), realizado nos Centros Culturais do Banco do Brasil no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Brasília.

Simone Rodrigues – Artista visual, historiadora e curadora independente. Mestre em História Social da Cultura (PUC-Rio), diretora na NAU Editora e professora na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Trabalha há mais de 20 anos com projetos que articulam educação, produção e mostras de arte e fotografia. Realizou pesquisa e curadoria da exposição A pintura em Pânico – fotomontagens de Jorge de Lima (2010). É autora do projeto Nomes do Amor – o amor que ousa dizer seu nome, com retratos e histórias de casais LGBTQI.