Corpo barro

Corpo barro

foto: Luana Vieira

Corpo barro
Professoras: Professoras: Daniela Seixas, Deise Alcântara e Zoè Gruni
22 a 25 de julho
15:30–17:30
Idade: 4 a 12 anos

Sobre o curso
O Arte no Parque, durante as férias, se une à Oficina de Argila para envolver a exploração sensorial da escultura e da argila com a ação do pensamento de arte em torno da ideia de terra, corpo e pele. O curso brinca com a observação de si próprio e do mundo à sua volta. A partir do que nos envolve e sustenta, a floresta e a terra serão pensadas como elementos de criação e crescimento. Dentro e fora da sala a relação entre terra, corpo e pele será experimentada através de diversas proposições: observação, desenho, construção com argila, investigação, coleta e plantio, a fim de explorar o pensamento de arte de maneira divertida e significativa.

Professores

Daniela Seixas, Rio de Janeiro, 1984
, vive no Rio de Janeiro.
Artista e professora. Mestre em “Processos artísticos contemporâneos” e licenciada em “Artes visuais” pela UERJ. Atua nos cursos de crianças da EAV desde 2011, no espaço Capacete (projeto Pequeno Laboratório, em 2017) e no CAp-UERJ (desde 2015). Participou de exposições como: In memoriam (Caixa Cultural – Rio de Janeiro), 10ª Bienal do Mercosul: Mensagens de Uma Nova América (Usina – Porto Alegre), Deslize (MAR – Rio de Janeiro), Through the surface of the page (DRCLAS, Harvard University – Massachusetts), City as a process (Parallel program, 2nd Ural Industrial Biennial of Contemporary Art – Rússia), Prêmio EDP nas Artes (Instituto Tomie Ohtake – São Paulo), entre-vistas (Programa Aprofundamento EAV Parque Lage – Rio de Janeiro); e as individuais: A riscar (Paço das Artes – São Paulo), Drawing error (Zip’up – São Paulo), Como habitar palavras ou outros objetos (Flip – Sesc Paraty) e Tarefas rarefeitas (Galeria Ibeu – Rio de Janeiro).

Deise Alcântara, Rio de Janeiro, 1982, vive no Rio de Janeiro.
Estuda círculos holísticos xamânicos, por meio da expansão da consciência no contato com a natureza, com o sagrado e de plantas mestras. Formada em Artes Visuais pela UERJ e Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Cursando Mestrado em Arte, Educação e Currículo pelo CAp-UERJ. Professora na Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro e professora substituta de Design no CAp UERJ. Idealizadora, Organizadora e Mediadora na Jornada Arte- Pedagógica em Escolas do Município do Rio de Janeiro e UFRJ. Recebeu Moção de Reconhecimento por serviços prestados com excelência na Prefeitura do Rio de Janeiro pela câmara de vereadores do Rio de Janeiro em 2018. Primeiro Lugar no Concurso Cultural “CINE CURTA”, promovido pela Secretaria Municipal de Educação em 2017.

Zoè Gruni, Pistoia, Itália, 1982, vive e trabalha no Rio de Janeiro.
Artista plástica graduada em Pintura na Accademia di Belle Arti di Firenze, Itália, dedica-se a arte contemporânea desde 2001. Os trabalhos multimídia dela foram exibidos em muitas exposições na Itália, França, Bélgica, Inglaterra, Bulgária, Alemanha, Estados Unidos e Brasil. Foi artista residente na FAAP de São Paulo e em Raid Projects – Estside International de Los Angeles. Trabalhou com a Galeria Progetti no Rio de Janeiro. Atualmente colabora com a Galerie Depardieu de Nice na França e o trabalho dela é representado na Itália pela Galleria Il Ponte de Florença. É professora da EAV (Escola Artes Visuais) do Parque Lage, Rio de Janeiro, onde administra seus próprios cursos e oficinas.