Da curadoria à expografia: Concepção e prática expositiva

Da curadoria à expografia: Concepção e prática expositiva

Professora: Sonia Salcedo
06 de julho a 03 de agosto
Quinta-feira, 10:00–12:30
R$ 380,00/mês

Objetivos
Promover o conhecimento de procedimentos técnicos e poéticos em concepções e montagens de exposições, com destaque sobre a organização do material exposto no processo de realização da expografia, a partir da conceituação curatorial.

Conteúdo
O programa explora aspectos teórico/práticos inerentes a realização de exposições de arte. Desde sua conceituação até sua montagem, as exposições são abordadas como prática do discurso da experiência artística. O curso apresenta diferentes relações entre arte, espaço e montagem, indicando à compreensão das exposições, em seus aspectos mais gerais. como prática da experiência artística.

Dinâmica
Apresentação de material iconográfico, visando estimular o debate sobre o assunto e ampliar o vocabulário criativo do participante. Serão observadas procedimentos curatoriais e técnicas de montagem, no que se refere a recursos no âmbito expográfico.

O curso parte de questões expositivas contemporâneas, revisitando origens e legados expográficos modernos e pós-modernos, sobretudo os referentes a adequação e criação de espaços para este fim. Sua dinâmica e metodologia seguirá 4 módulos de aula: CONCEITUAÇÃO CURATORIAL, ESPAÇO ARQUITETÔNICO, MATERIAIS DE MONTAGEM, PROJETO EXPOGRÁFICO.

Propõe encontros em sala de aula, palestras de profissionais convidados e visitas guiadas (agendadas conforme a disponibilidade da turma), para melhor instrumentalizar o aluno em termos teóricos e práticos sobre as concepções de espaço, montagens expositivas e suas relações com as práticas da arte contemporânea. Como forma de avaliação pretende a realização e apresentação de trabalhos individuais ou em grupo ao término da disciplina.

Bibliografia
BELTIN, Hans. O fim da história da arte. São Paulo: Cosac Naif, 2005.
CASTILLO, Sonia Salcedo del. Cenário da arquitetura da arte – montagens e espaços de exposições.Coleção Todas as Artes. São Paulo: Martins Fontes, 2008.
GONÇALVES, Lisbeth Rebollo. Entre Cenografias – O Museu e a Exposição de Arte no Século XX. São Paulo: Edusp, Fapesp, 2004.
O’DOHERTY, Brian. No Interior do Cubo Branco: A Ideologia do Espaço da Arte. São Paulo: Martins Fontes, 2007.
RICO, Juan Carlo. Museos, arquitectura, arte: los espacios expositivos. Madrid: Silex, 1994.

Sonia Salcedo
Arquiteta e Urbanista (USU-RJ), Cenógrafa (UNI-RIO), Especialista em História da Arte e da Arquitetura (PUC/RJ), Mestre em História e Critica da Arte (EBA/UFRJ) e Doutora em Artes Visuais (EBA/UFRJ/RJ). É profissional da Fundação Nacional de Arte (Funarte) integrante do corpo técnico do Centro de Artes Visuais no âmbito curatorial. Pesquisadora e docente é autora dos livros Cenário da Arquitetura da Arte – montagens e espaços de exposições , Poética Expositiva e Arte de Expor – curadoria como expoesis. Artista curadora idealizou exposições no Rio, São Paulo e outras cidades brasileiras e estrangeiras, assim como Bruxelas, Frankfurt, Merida, Colonia e Buenos Aires. Arquiteta premiada pela UIA, tem experiência carnavalesca, televisiva e teatral realizando cenário, figurino, pesquisa e produção de arte.

Regulamento de bolsas ➝