Da curadoria à expografia: Concepção e prática expositiva

Da curadoria à expografia: Concepção e prática expositiva

Professora: Sonia Salcedo

2º semestre 2019
15 de agosto a 12 de dezembro
Quinta-feira, 19:00 – 22:00
R$ 380,00/mês

Curso teórico-prático que visa, a partir da apresentação de procedimentos técnicos e poéticos em concepções e montagens de exposições, estimular o conhecimento sobre a concepção e a prática expositiva, com destaque para a relação entre a organização do material exposto no processo de realização da expografia e o entendimento do processo de conceituação curatorial.

Conteúdo
O programa explora aspectos teórico/práticos inerentes a realização de exposições de arte, desde sua concepção até sua montagem. Mediante estudos de caso, apresenta diferentes relações entre arte, espaço, conceito e edição, indicando uma compreensão sobre o contexto das exposições, em seus aspectos mais gerais.Questões expositivas contemporâneas são observadas, revisitando origens e legados expográficos modernos e pós-modernos, sobretudo os referentes a adequação e criação de espaços para este fim.Sua dinâmica segue 4 módulos de aula: CONCEITUAÇÃO CURATORIAL, ESPAÇO ARQUITETÔNICO,MATERIAIS DESMONTAGEM, PROJETO EXPOGRÁFICO.

Metodologia
Para estimular o debate sobre o assunto e ampliar o vocabulário criativo do participante, propõe atividades dentro e fora da sala de aula:
apresentação de material iconográfico;
leituras de textos escolhidos;
conversa com profissionais convidados;
visitas guiadas.

Bibliografia
BELTIN, Hans. O fim da história da arte. São Paulo: Cosac Naif, 2005.
CASTILLO, Sonia Salcedo del. Cenário da arquitetura da arte – montagens e espaços de exposições.Coleção Todas as Artes. São Paulo: Martins Fontes, 2008.
GONÇALVES, Lisbeth Rebollo. Entre Cenografias – O Museu e a Exposição de Arte no Século XX. São Paulo: Edusp, Fapesp, 2004.
O’DOHERTY, Brian. No Interior do Cubo Branco: A Ideologia do Espaço da Arte. São Paulo: Martins Fontes, 2007.
RICO, Juan Carlo. Museos, arquitectura, arte: los espacios expositivos. Madrid: Silex, 1994.

Sonia Salcedo
Pós-Doutora em Artes pelo CNPq junto ao PPGAC/ECO/UFRJ (2017). Doutora em Artes Visuais (2012, EBA/UFRJ), Mestre em História e Crítica da Arte (2002, EBA/UFRJ), Especialista em História da Arte e da Arquitetura (1998, PUC/RJ). Graduada em Cenografia (1990, UNIRIO) e em Arquitetura e Urbanismo (1982/USU) Comunicação Social pela Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985). Tem experiência nas áreas das Artes e Arquitetura, com ênfase em Expografia da Arte Contemporânea. Atua como pesquisadora e docente, nos seguintes temas: crítica de arte e recepção da obra de arte, teorias e práticas artísticas e curatoriais, exposição e história da arte, arquitetura museal e design de exposições. Desde 2014 é docente da Escola de Artes Visuais do Parque Lage – Rio de Janeiro. É artista curadora e autora dos livros Cenário da Arquitetura da Arte – montagens e espaços de exposições? (2008);Poética Expositiva (2011), Asas a Raízes (2015), Arte de Expor – curadoria como expoesis&quot (2015); Ponto transição (2016) e Da visualidade à cena: dimensões expositivas da arte (2017). Atua na área de Artes Visuais. Foi profissional técnica da Fundação Nacional de Arte (Funarte), de 1993 – 2018, integrando a comissão curatorial do Centro de Artes Visuais.