EAV Parque Lage

EXPOSIÇÃO HÁBITO/HABITANTE

Para um corpo nas suas impossibilidades

Pensada como um espaço de transmissão, esta exposição posiciona-se a favor do distanciamento social – mas radicalmente contra a solidão. Este projeto é aberto ao público num dia de manifestação, no qual tradicionalmente reivindicamos direitos: 1º de maio, o Dia do Trabalhador.

A mostra pretende atuar como um convite à imaginação coletiva: do cubo branco ao fundo infinito, como expandir e renegociar nossa própria ideia de coletividade? Pode a arte furar as impossibilidades do momento e ainda assim existir e se difundir como um elemento disruptivo? A partir de um histórico regime de distâncias – físicas e simbólicas – como exercitar a proximidade e a intimidade? Como dar espessura a um corpo coletivo quando nossas estratégias conhecidas mostram-se impossíveis? Como festejar a relação, gozar do encontro? Como entrar em contato sem o prazer do toque? Urge renovar nossos pactos sociais, nosso compromisso com o coletivo. Não podemos ser coniventes com o desejo feito mercadoria, com o consumo de nossos corpos e identidades. É preciso desconfiar das imagens e compreender que a vigilância aos nossos corpos é uma realidade que se atualiza historicamente.

Projeto pensado para acompanhar a UIA 2021 RIO | 27º Congresso Mundial de Arquitetos, a Escola de Artes Visuais do Parque Lage apresenta uma mostra que investiga como o cotidiano dos espaços molda, reconfigura, transforma, domestica, adestra, manipula, dá forma a seus habitantes. As ideias de repetição, hábito e distância, radicalmente reorientados pela pandemia que alterou a ordem social, serão postas em diálogo a partir de projetos levados a cabo por artistas e coletivos por meio de projetos históricos e investidas contemporâneas.

O nome desta mostra parte de uma pesquisa da artista Martha Araújo (Maceió, 1943), que estudou na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Na década de 1980, quando o Brasil libera-se da Ditadura Militar, o trabalho de Martha Araújo se concentra nos limites do corpo – compreendido aqui em seu sentido físico e também em suas conotações metafóricas e poéticas –, convidado a interagir publicamente. Repressão e liberdade são vetores importantes para uma artista que orienta o corpo do indivíduo na direção de um corpo coletivo. A artista aborda em sua poética um corpo falho, pleno de vazios e impossibilidades – questões radicais a serem reelaboradas em tempos urgentes. 

Ulisses Carrilho
Curador EAV Parque Lage

. . .

Agradecemos imensamente o patrocínio do Instituto Cultural Vale, que faz possível o nosso Plano Anual de Atividades em 2021. Com ele, serão possíveis ações de descentralização das artes, de maneira propositiva e comprometida, a favor da arte como ferramenta de transformação social. Por meio de exposições, residências e um generoso programa de bolsas sociais, visamos a pluralidade e a diversidade tão urgentes em nossa sociedade.

. . .

Para a segurança e bem-estar de todos, a entrada de visitantes na Exposição Hábito/Habitante instalada nas Cavalariças e na Capelinha e no Palacete do Parque Lage é mediada por agendamentos online gratuitos e específicos. Clique aqui e agende gratuitamente.

As atividades virtuais da exposição proporcionam uma experiência de visitação para aqueles que optarem por não se deslocar.
Se preferir, acesse: www.habito-habitante.com.br
 
Saiba mais:
•  O acesso à área verde do Parque Lage permanece livre. Clique aqui e se informe sobre horários de funcionamento. 
•  A exposição e o Palacete mantém agendamentos separados. Para visitar o Palacete do Parque Lage, agende gratuitamente um horário
• Caso queira visitar todos os espaços, sugerimos agendar as visitas com, no mínimo, 30 minutos de antecedência.
• Após o término do período de tolerância para a entrada no Palacete (15 min), a validade do ingresso será anulada. O visitante deverá realizar um novo agendamento para o próximo horário disponível.
• A Exposição Hábito/Habitante pode transmitir imagens sensíveis para menores de idade. Incentivamos a visitação de crianças com o acompanhamento de um adulto responsável.
• Horário: Todos os dias (exceto quartas-feiras), de 9h às 17h.