Introdução à Imagem em Movimento

Introdução à Imagem em Movimento

Nam June Paik. Mirage Stage, 1986.

Professor: Marcos Bonisson
Férias de Inverno 2019
04 de julho a 1º de agosto
[Dias 04, 11, 18, 25 de julho e 1º de agosto]
Quinta-feira, 19:00–22:00
R$ 380,00

O curso visa apresentar um núcleo de conhecimento histórico e de procedimentos utilizados por artistas brasileiros e internacionais que trabalham com imagens em movimento (videoarte, cinema de artista, filme documentário, instalações, etc.).

Conteúdo
O curso, de caráter introdutório, vai apresentar aos participantes as diferentes possibilidades de trabalho com imagens em movimento em campo ampliado da linguagem das artes e seus múltiplos suportes.

Dinâmica
O professor utilizará dinâmicas de caráter dialógico e interdisciplinar na apresentação dos conteúdos e teorias. Além disso, os participantes das aulas serão incentivados a desenvolver um trabalho de curta duração (até um minuto) para o final do curso, a partir de exercícios específicos sugeridos durante os cinco encontros.

Filmografia básica:
Gordon Matta-Clark: Clockshower / 13:50 min. / 1973.
Robert Smithson: Spiral Jetty / 35 min. / 1970.
Valie Export: Touch Cinema / 1 min. / 1968.
Pipilotti Rist: I’m not the girl who misses much / 5 min. / 1986.
Marcos Bonison: Héliophonia (Sobre Hélio Oiticica) 17 min./ 2002.
Filmes de artistas brasileiros: Lygia Pape, Tunga, Anna Bella Geiger, Sonia Andrade, Antonio Dias, entre outros.
Bibliografia Básica:
MACHADO, Arlindo. Made in Brasil. São Paulo: Iluminuras, 2003.
MACIEL, Katia (org.). Transcinemas. Rio de Janeiro: ContraCapa, 2009.
MARTIN, Sylvia. Video Art. Taschen, 2006.

Marcos Bonisson é artista e mestre em Ciência da Arte (UFF). Nasceu e trabalha na cidade do Rio de Janeiro. É graduado em Letras e pós-graduado em Arte e Cultura. Estudou gravura, desenho, cinema e fotografia na EAV – Parque Lage (1977–1981) onde leciona, atualmente. Participou da 27ª Bienal Internacional de São Paulo (2006), da XIX Bienal Internacional de Cerveira em Portugal (2017) e foi selecionado para a terceira edição da BienalSur (2019). Bonisson tem participado em diversas mostras coletivas de Arte e festivais de filmes experimentais no Brasil e no exterior. Publicou o Livro Arpoador (Editora Nau, 2011), o Catálogo Pulsar (Editora Binóculo, MAM, 2013) e o Livro ZiGZAG publicado pela Editora Bazar do Tempo e lançado no Paris-Photo em 2017. Suas mais recentes exposições individuais foram no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro em 2013, na Maison Européenne de la Photographie (MEP-Paris) em 2015 e na Galeria do Parque Lage em 2018.