Jornadas de Outubro 2016

160922_JornadasOutubro

“Armação do Remoto ou Deslembrança Vertebrada” (2013), de Sara Ramo, instalado na Sala 2 da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Cortesia galeria Fortes Vilaça. Foto: renanlimA
APRESENTAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
ARTISTAS
O Programa JORNADAS DE OUTUBRO tem por objetivo dotar de sensibilidade e apuro estético uma geração por vir. Importa preparar pessoas jovens
mesmo que nunca mais peguem num lápis ou num pincel”
MARIO PEDROSA

É preciso investir em infância e adolescência. O que é maturidade emocional e autonomia de pensamento no século 21? Seria possível distribuir funções dentro de um grupo, levando em conta desigualdades de condições, pessoais e sociais, além de todo um campo subjetivo?

Alfabetização e entrada na puberdade permanecem os únicos critérios para fazer a distinção entre “criança”, “jovem” e um pretenso “adulto”? Ainda cabe pensar nessas etapas cronológicas de desenvolvimento?

A ideia das JORNADAS DE OUTUBRO consiste em reunir aqueles que a sociedade chama de “menores”. Se o conceito de sororidade permitiu a emergência de uma nova forma de feminismo, identificando alianças que aumentaram o grau de autoconfiança das mulheres, cabe também olhar para a classe dos “menores” e investigar métodos de superação de sentimentos de insegurança, sobretudo em tempos atuais de instabilidade e terror.

Ora, como uma escola de arte pode contribuir no processo de empoderamento? Mês da revolução russa – a primeira a ter levado o ideal de uma comunidade sem diferenças de classes – Outubro é uma data que a Escola de Artes Visuais do Parque elegeu para repensar o mundo sob a perspectiva daqueles que carregam o arrojo das mudanças.

As JORNADAS DE OUTUBRO começam no dia 27 de setembro (terça-feira), às 14h, com uma aula-espetáculo, seguida de distribuição de doces no parque, comandada pelo Mestre Aderbal Ashogun, sacerdote do candomblé, músico e ativista ambiental, a Mãe Beata de Iemanjá e convidados.

Ao longo do mês de outubro, cada oficina será conduzida por um artista e dará ênfase a atividades manuais, visuais e sonoras, valorizando meios de “tirar alegria não só das grandes como das coisas insignificantes e pequeninas” (Mario Pedrosa).

O encerramento acontece no dia 30 de outubro (domingo), a partir das 11h, nas Cavalariças do Parque Lage, onde o público visitante, familiares e amigos, poderão apreciar o resultado das atividades, participando de uma celebração coletiva, que inclui uma exposição dos trabalhos realizados nas oficinas.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

selo-jornadas-outubro