Livrinho de artista

Livrinho de artista

foto: Patricia Alves Dias

Livrinho de artista
Professoras: Julia Saldanha e Luana Vieira
10, 14, 15 de janeiro, das 13:00 às 15:00
Idade: 6 a 12 anos

Sobre a oficina
«Para que serve um livro? Para se viver melhor!»
Bruno Munari, Prélibri, Danese, Italia, 1980.
Durante as atividades, convidamos as crianças à criação através do universo do livro de artista: objetos repletos de plasticidade, que vão além de um veículo de imagens e textos, e nos surpreendem por suas diferentes maneiras de abordar o livro. Vivenciamos experiências táteis e visuais através da forma destes livros e de trabalhos de artistas. A cada atividade convidamos as crianças para uma nova criação, entrando em contato com diferentes formatos de livros e linguagens artísticas. Nestas férias vamos criar livros através de passeios pelo parque. Como transformar nossas experiências na floresta em livros? Uma vez que os livros são sempre feitos por adultos, esta será a vez das crianças de criarem os seus!

Professoras
Luana Vieira Gonçalves
Luana Vieira Gonçalves (São Paulo, 1984). Vive no Rio de Janeiro. Arte-educadora, formada em Artes visuais pela UNICAMP (Campinas, 2009) e mestranda em Arte Contemporânea pela Université Paris VIII (Paris, 2014). Foi educadora na Galerie des enfants no Centre Georges Pompidou (2010-2014, Paris). Coordenou um intercâmbio entre crianças togolesas e brasileiras (2015, Togo). Trabalhou como educadora no projeto Casa Guadalupana, Instituto Padre Haroldo (Campinas, 2009) e no projeto Curumim, SESC-SP (São Paulo, 2016). É supervisora do Parquinho Lage onde é professora, atua como professora de artes no Instituto Pró-Saber e integra o coletivo Desenhação.

Julia Luz Saldanha
Julia Luz Saldanha (São Paulo, 1986). É graduada em arquitetura pela Escola da Cidade-Associação de Arquitetura e Urbanismo (SP) tendo completado seus estudos na EAV do Parque Lage, no Ateliê Piratininga (SP) e no espaço Cenográfico (SP). É artista. Atua entre as linguagens gráficas e visuais. Seu trabalho artístico explora a pesquisa visual entre texto/ história /palavra/ movimento e imagem ganhando forma no espaço através de cenografias, ilustrações, cartazes, pequenos livros e oficinas de arte. Atualmente também é monitora na disciplina de experiências gráficas na EAV, integra o coletivo Desenhação e atua nas áreas de arte-educação, cenografia e ilustração.