Mitologias afro-brasileiras

Mitologias afro-brasileiras

Foto: Luana Vieira

Mitologias afro-brasileiras [arte em família]
Sábado, 17 de agosto, 10:30-12:30
Professor: Bruno Balthazar
Idade: 6 a 12 anos

Os cursos do arte em família são gratuitos.
A programação é destinada a crianças acompanhadas de seus familiares, incentivando a imaginação coletiva e a participação da família nas escolas.

RESERVAS:parquinho.eavparquelage@gmail.com
Até sexta-feira, às 16h.
Caso o participante não esteja presente 30 minutos antes do início da aula, a reserva será liberada para lista de espera. Sujeito a lotação.

INSCRIÇÕES NO DIA DA ATIVIDADE:
Secretaria da EAV Parque Lage

Sobre o curso
No sincretismo afro-brasileiro, Agosto é o mês de louvor ao orixá Omulu, Senhor da terra, divindade da cura. O mito narra que Omulu nasceu doente, se curou e ficou tão belo que o seu rosto tinha o brilho do sol do meio dia. Ele representa a época do culto ao barro. Omulu é filho de Nanã a grande Mãe Terra e irmão de Oxumarê, divindade cobra e arco-íris e de Ossaiyn, divindade das folhas. Então narraremos o mito da familia da nação Jejê, povo do antigo reino africano Dahomé. Realizaremos atividades na floresta, construiremos objetos baseados nas ferramentas sagradas com argila e uma grande cobra com elementos coletados na mata do Parque Lage.

Professor

Bruno Balthazar, vive no Rio de Janeiro.
Formou-se em Artes cênicas pela Uni-Rio em 2001 e desde então atua como arte-educador. É integrante do Solar dos Abacaxis e do coletivo de artes Rebola onde atua como pesquisador, Dj e produtor. Pesquisador apaixonado por mitologia e cultura afro-brasileira.