Modelo vivo

Modelo vivo

Professor: Gianguido Bonfanti

1º semestre
11 de janeiro a 28 de junho
Turma 1: Quarta-feira, 19:30–22:00
Turma 2: Quinta-feira, 10:00–12:30
R$ 380,00/mês*
2º semestre
05 de julho a 14 de dezembro
Turma 1: Quarta-feira, 19:30–22:00
Turma 2: Quinta-feira, 10:00–12:30
R$ 380,00/mês*
 

* Não inclui o custo de modelos. Seu custo será dividido mensalmente pelos alunos.

Sem intimidade com a forma, matéria bruta do campo visual, o desenho, a pintura, a arquitetura etc. não seriam possíveis. Não importando se a linguagem é abstrata ou figurativa, a forma será sempre a matriz fundadora desses universos.

O curso de Modelo Vivo é orientado para desenvolver no aluno, através da observação do corpo humano, a percepção visual, o que lhe permitirá, ao entender visualmente as formas, desenhá-las. Tendo o desenho como meta principal, o curso trabalha o discurso gráfico como campo expressivo, sendo a sensibilidade da linha um de seus elementos indispensáveis.

Serão oferecidos exercícios: cego (sem olhar para o papel), um minuto, vazado, claro e escuro, etc. , perseguindo maior habilidade, quebra de vícios de desenho e o desenvolvimento de uma linguagem gráfica pessoal.

Gianguido Bonfanti
São Paulo, 1948. Desenhista, gravador, pintor e escultor. Discípulo de Poty Lazzarotto (1962-1969), frequentou a Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1968-1970) e a Academia di Belle Arti di Roma, na Itália (1971-1973). Iniciou suas atividades docentes na Escola de Artes Visuais do Parque Lage em 1978, onde atualmente dá aulas de Desenho de Modelo Vivo. Entre suas principais exposições individuais, destacam-se: Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro em 1996, Museu de Belas Artes, Rio de Janeiro, em 2000 e 2002, Galerie Le Troisième Oeil, Paris, em 2005 e Bordeaux em 2006, e Paço Imperial em 2009. Foram publicados sobre sua obra os livros Bonfanti (Moudon: Acatos, 2005) e Bonfanti: através do espelho (Rio de Janeiro: Contra Capa, 2009.