EAV Parque Lage

O Processo Criativo

O Processo Criativo

Professor: Charles Watson

Curso Semestral 2020.1
09 de março a 29 de junho
Segunda e quarta-feira, 19:30 – 21:30
R$3.040,00 ou 4 parcelas de R$760,00

butao_venda

*Leia atentamente todas as normas de matrícula antes de se inscrever. Clique aqui.
Todos os alunos devem pagar a taxa administrativa anual. No caso dos alunos que realizarem o pagamento do curso on-line, a taxa administrativa anual no valor de R$100,00, deverá ser paga pelo aluno no dia que vier pegar seu comprovante de matrícula no curso, antes de entrar na aula, diretamente na secretaria da escola.

Criatividade não se trata de pílula mágica ou de “baixar o santo”. Ao contrário do que o senso comum sugere, a criatividade não é uma qualidade livre e autônoma, que pode ser dissociada do envolvimento verticalizado com uma atividade ou linguagem específica. Quem não investe não lucra ou, como diz o escritor Robert Heinlein, “Não há boca livre no universo”. Assim sendo, ”estratégias” ou “técnicas” criativas só se tornam viáveis/eficazes na presença de forte comprometimento ao longo de um tempo mínimo necessário para internalizar as regras do jogo. Alcançar o desempenho criativo em seu nível máximo requer, além de tempo de investimento, paixão, curiosidade, persistência, tolerância a ambiguidades e coragem para aceitar que muitos erros virão pela frente – erros não são apenas permitidos, são uma pré-condição para criação.

Dinâmica
Com uma abordagem instigante, o workshop aponta os mais diversos fatores que fazem a diferença para um desempenho criativo otimizado. Amplamente ilustradas com textos, vídeos e exercícios, e usando fontes das mais diversas disciplinas, as palestras demonstram que a semelhança entre as dinâmicas criativas supera a diferença entre as linguagens. Entendendo os mecanismos que limitam a criatividade, podemos desenvolver estratégias que, ludicamente, contornam essas limitações. Desenhado para grupos multidisciplinares, para todos que se interessam pelo processo de inovação e para quem a geração de novas ideias é fundamental, O Processo Criativo consiste em uma série de palestras escolhidas a partir de um repertório de 42 temas envolvidos nessa pesquisa – esta escolha será efetuada de acordo com as particularidades da composição de cada grupo.

Conteúdo
1. CRIATIVIDADE DEFINIÇÃO: (Convergente / Divergente)
2. CRIATIVIDADE E LIMITES: (Necessidade de Restrição)
3. O MENTOR: (Ombros de Gigantes)
4. PAIXÃO, MOTIVAÇÃO INTRÍNSECA: (Sol na Barriga)
5. TALENTO / TRABALHO INTENSO
6. A REGRA DE 10: (10 anos / 10.000 horas)
7. UM LEÃO POR DIA: (Prática Deliberada)
8. PROCESSO PURO: (O melhor Lugar no Mundo / Síndrome do Segundo Produto)
9. CURIOSIDADE: (Mistério e Espanto)
10. PERSISTÊNCIA: (Penso, logo desisto)
11. A PLATEIA: (Um mal necessário?)
12. ABDICAÇÃO DO “EU”: (Flow)
13. ENGENHARIA DO ERRO: (Risco, Erro, Medo de Errar)
14. DINHEIRO, SUCESSO, ÉTICA CRIATIVA: (Sucesso como Fracasso)
15. THE IRIDIUM ANOMALY: (Evolução como Metáfora, Exaptação, Etapas Incipientes de Estruturas Úteis)
16. SISTEMAS COMPLEXOS ADAPTÁVEIS: (Top Down / Bottom Up, Hofstadter, Mitchel, Holland, Kauffman)
17. PADRÕES DE SUCESSOS PASSADOS: (Experiência é Traiçoeira)
18. SÍNDROME DO SEGUNDO PRODUTO: (Successo como Fracasso)
19. ROBUSTEZ / RESILIÊNCIA: (O declínio de um Paradigma / Adaptabilidade Organizacional Sustentada)
20. SERENDIPITY, CHANCE, EXAPTAÇÃO: (a Necessidade do Acaso e o Sistema)
21. OLHAR DO OUTRO: (Efeito Einstellung, Functional Fixedness, Barreiras Cognitivas)
22. O ORÁCULO: (Em busca da Informação Perdida)
23. ASSOVIANDO e CHUPANDO CANA: (Multidisciplinaridade ou Dispersão)
24. GERAÇÃO DE ALTERNATIVAS
25. A EXCEÇÃO É A REGRA: (Inserção do Anárquico no Sistema)
26. NOVOS MODELOS PARA GESTÃO
27. PEDÁGIO DE PENSAMENTO: (A Transfiguração do Lugar Comum)
28. INDIZIBILIDADE: (Palavras e Coisas: pensando para falar / falando para pensar)
29. CIRCULARIDADE, LOOPING, SISTEMAS AUTO REFERENTES
30. FRAGMENTAÇÃO
31. INVERSÃO
32. ANALOGIA / METÁFORA: (Construção da Metáfora)
33. SATURAÇÃO: (Máximo de Esforço para o Mínimo de Resultado)
34. ENTRE DUAS CATEGORIAS: (o Espaço entre as Coisas)
35. IMPROVISAÇÃO
36. MUDANÇAS NO TECIDO
37. VISUALIZAÇÃO: (Visual Thinking)
40. THINKING: (Mind Flying)
41. SEEING: (Drawing – thought with a tail)
42. DOING: (Physical Thinking – model-making).

Charles Watson é educador e palestrante, especializado no Processo Criativo / Problem Finding e Desempenho Otimizado. Formado pela Bath University / Inglaterra, ministra o workshop O Processo Criativo, na EAV Parque Lage / Rio. De centros culturais pelo Brasil à empresas como Coca-Cola, Natura, Procter&Gamble, Globo, Vale, 3M, Concremat, realiza palestras desde a década de 90. Sua pesquisa interdisciplinar, constantemente atualizada, investiga fatores que influenciam processos de inovação e criação. Diretor do workshop Dynamic Encounters, há 27 anos proporciona viagens nacionais (80) e internacionais (57), com visitas à museus, galerias, eventos de arte e ateliês de artistas, resultando em um acervo audiovisual de aproximadamente 1.500 horas de entrevistas com profissionais da indústria criativa. Seu workshop intensivo de desenho e conceitualização Procedência & Propriedade é um marco em educação visual e o Grupo de Estudos uma referência de produção prática e análise crítica. Além dessas atividades educacionais, Charles é construtor de barcos e ensina physical thinking através do workshop de marcenaria e construção naval Wet Dream. A abrangência de suas experiências tem resultado em palestras únicas, provocativas e às vezes desconcertantes, abordando temas aparentemente tão distintos quanto evolução, sistemas complexos, ecologia, arte contemporânea e esportes radicais, sempre com uma pitada de humor britânico.