Observação e Desenho: oficina para jovens

Observação e Desenho: oficina para jovens

Professoras: Bia Amaral e Nena Balthar

1º semestre
07 de fevereiro a 01 de julho
Terça-feira das 17h15 às 19h15
R$ 355,00/mês
2º semestre
01 agosto a 19 dezembro
Terça-feira das 17h15 às 19h15
(valor a definir)
 

Público-alvo
Jovens a partir de 13 anos

Objetivos
Através de exercícios e a criação de repertório próprio o curso tem como objetivo proporcionar aos alunos uma experiência no campo do desenho e suas reverberações e aproximações com o pensamento da arte.

Conteúdo
Prática do desenho e reflexão do fazer a partir das produções dos alunos e de estudos de artistas trazidos pelas artistas professoras.

Dinâmica/Metodologia
A partir do reconhecimento do interesse dos alunos, são propostos exercícios. Serão discutidas questões do desenho, apresentando artistas cujo trabalho esteja relacionado às pesquisas e questionamentos da turma. Com essa prática são elaborados os portifolios, a criação de projetos individuais e coletivos e a reflexão sobre o processo de trabalho.

Bibliografia
ALMEIDA, Cesar de, Sketchbooks, as páginas desconhecidas do processo criativo- Editora Ipsis, 2010
Vitamina D New perspectives in drawing I e II, PHAIDON
NETO, Virgilio. Desenhos. A bolha editora. 2012
ROBERTS, Veronica. Org. Converging lines Eva Hesse and Sol Lewitt. Blanton Museum of Art in association with Yale University Press. New Haven and London.2014

Bia Amaral
Graduada em Projeto Gráfico na Escola de Belas Artes da UFRJ, cursou desenho e teoria no MAM, RJ, litografia, serigrafia, fotografia e pintura na Escola de Artes Visuais do Parque Lage e gravura em metal na PUC-Rio. A partir dos anos 80 participa de diversos salões e coletivas no Brasil e exterior. Mostra seu trabalho em exposição individual em 1988, em Curitiba, e 1991 e 2004 no Rio de Janeiro. Recebeu o prêmio Estágio de Gravura no Salão de Arte Contemporânea de Pernambuco em 1987. Ministrou cursos de gravura no MAM, RJ, no Sesc-Tijuca, na Mostra Rio Gravura em 99. Desde 93 é professora da Escola de Artes Visuais do Parque Lage e faz parte da equipe que em 1998 implantou o NAT_EAV.

Nena Balthar
Artista e doutora em processos artísticos no Instituto de Arte/UERJ. Participa de exposições no Brasil e exterior. Recebeu prêmios no 1º Salão Cândido Portinari, no 1º Salão de Inverno da UFRJ e o prêmio Rede Nacional Funarte de Artes Visuais – 7a edição. Sua obra figura em coleções públicas como o Museu de Arte do Rio (M.A.R). Trabalha com desenho, performance e vídeo.Participou de diversos projetos de educação em museus e centros culturais como Museu do Açude, Paço Imperial, Museu Nacional de Belas Artes e SESC-RJ. Fez parte da equipe de educação do MAM-RJ entre 1999 e 2006 sob coordenação de Maria Tornaghi. Foi professora de Litografia na EAV – Parque Lage de 1990-1992 sendo em seguida convidada a fazer parte do núcleo de Crianças e Jovens da mesma escola onde permanece como professora até hoje. Vive e trabalha no Rio de Janeiro.