EAV Parque Lage

PARQUINHO LAGE FICA EM CASA – A CASA É O MUNDO

PARQUINHO LAGE FICA EM CASA – A CASA É O MUNDO

A casa é o mundo [diário de bordo]
Para crianças e suas famílias
Materiais sugeridos: sua casa e tudo que houver dentro dela.


PARQUINHO LAGE FICA EM CASA

O parquinho lage convida as crianças a realizarem um diário de bordo sobre suas vivências dentro do universo que estarão imersos durante os próximos dias. Além de criar um arquivo de memória com suas experiências, a ideia é que as crianças também possam expandir e vivenciar seus espaços cotidianos de formas diferentes, redescobri-los e reinventá-los.

Vamos propor atividades que provoquem encontros virtuais, pelos quais será possível conhecer o que se passa nos lugares onde está cada criança, e formar uma rede de comunicação e aprendizado.

Compartilhe a sua experiência com fotos ou vídeos no feed do instagram com a hashtag #ParquinhoLageficaemcasa ou marque @parquelage nos stories. Adoraríamos conferir como está o seu diário de bordo.

Neste momento consideramos que nada é mais importante que a saúde e a segurança de nossa comunidade. A reclusão é um ato de responsabilidade de todas e todos. Alinhados ao nosso papel educativo, na formação de artistas e públicos da cultura, durante toda a semana compartilharemos conteúdos digitais especialmente selecionados para que essa quarentena seja mais leve e acolhedora, com informações sobre artes visuais e cultura.


ATIVIDADE 13: A CASA É O MUNDO
Para crianças e suas famílias
Materiais sugeridos: sua casa e tudo que houver dentro dela.

Você já olhou para a sua casa como se ela fosse uma cidade ou outro lugar do mundo? Imagine que os espaços e corredores se transformariam em florestas, montanhas, caminhos, casas, parques, praias… Que as pessoas e objetos se tornariam personagens desse lugar, por onde fosse possível caminhar, nadar, brincar, passear, andar de bicicleta, navegar, voar…

Vamos transformar a nossa casa em outro lugar? Aproveite para imaginar um lugar que você gostaria de viver. Como será esse lugar inventado? Que seres viverão nele?

– Para planejar e construir o seu lugar inventado, você pode usar materiais de desenho, ou, se preferir, você também pode usar objetos e móveis para fazer as estruturas desse lugar ou ainda criar coisas invisíveis.

– Você também pode desenhar esse lugar no chão da sua casa. Traçando as linhas de tudo o que faz parte desse lugar com um giz ou uma fita adesiva, desenhando passagens secretas, caminhos, rios, casas e outras coisas que você quiser.

– Pegue objetos da sua casa e transforme-os em partes desse lugar: o chuveiro na hora do banho pode virar uma cachoeira, as almofadas montanhas, os bichos de pelúcia animais de verdade e as janelas estações espaciais por onde podem sair naves em direção ao universo.

– Se você estiver usando materiais de desenho na construção desse lugar, crie desenhe seres e lugares inventados.

– Dê um nome para esse lugar que você criou e para seus habitantes.

– Quando terminar de construí-lo, convide outras pessoas, objetos e brinquedos para brincar e viver com você nesse lugar.

– No final da brincadeira, não esqueça de organizar e arrumar a sua casa.

Instalações artísticas também transformam lugares e nos fazem viajar no tempo e no espaço. Conheça algumas instalações: Mergulho, 1991-2001 (Cildo Meireles), Entrevidas, 1981(Anna Maria Maiolino) e Penetráveis, 1969 (Hélio Oiticica).

Compartilhe a sua experiência com fotos ou vídeos no feed do instagram com a hashtag #ParquinhoLageficaemcasa ou marque @parquelage nos stories. Nós e as outras crianças participantes adoraríamos conferir como está o seu diário de bordo.