EAV Parque Lage

PARQUINHO LAGE FICA EM CASA – LIVRO MEMÓRIA

PARQUINHO LAGE FICA EM CASA – LIVRO MEMÓRIA

Livro memória [diário de bordo]
Para crianças e suas famílias
Materiais sugeridos: papel, grampeador, material para desenho, pintura e colagem


PARQUINHO LAGE FICA EM CASA

O parquinho lage convida as crianças a realizarem um diário de bordo sobre suas vivências dentro do universo que estarão imersos durante os próximos dias. Além de criar um arquivo de memória com suas experiências, a ideia é que as crianças também possam expandir e vivenciar seus espaços cotidianos de formas diferentes, redescobri-los e reinventá-los.

Vamos propor atividades que provoquem encontros virtuais, pelos quais será possível conhecer o que se passa nos lugares onde está cada criança, e formar uma rede de comunicação e aprendizado.

Convidamos crianças e famílias a compartilharem suas experiências através da hashtag #parquinholageficaemcasa – canal onde criaremos nossa rede de experiências e comunicação.

Neste momento consideramos que nada é mais importante que a saúde e a segurança de nossa comunidade. A reclusão é um ato de responsabilidade de todas e todos. Alinhados ao nosso papel educativo, na formação de artistas e públicos da cultura, durante toda a semana compartilharemos conteúdos digitais especialmente selecionados para que essa quarentena seja mais leve e acolhedora, com informações sobre artes visuais e cultura.


ATIVIDADE 23: LIVRO MEMÓRIA
Para crianças e suas famílias
Materiais sugeridos: papel, grampeador, material para desenho, pintura e colagem

Você já explorou os livros de formas diferentes?

Encontre um livro que caiba no seu bolso e outro que não entre na sua mochila. Leia um livro de ponta-cabeça e depois de olhos fechados. Dobre as páginas. Sinta os cheiros. Leia as imagens e as palavras ao contrário. Use o livro como um chapéu. Escute os sons e sinta as texturas de cada página.

Você já fez um livro? Vamos criar um?

– Escolha até 10 folhas de papel diferentes e coloque uma sobre a outra, até fazer um montinho. Os papéis podem ter cores, texturas e até tamanhos variados.

– Use um grampeador para juntar os papéis, grampeando todos juntos de um só lado, de forma que de um lado as páginas fiquem presas e do outro soltas como um livro.

– Se preferir, Você também pode pensar em outras formas de prender as folhas. Pode ser através de uma linha ou fita adesiva. Caso você use a linha, no lado que for prender as folhas você precisará fazer dois furos paralelos por onde a linha passará e então você poderá amarrá-la mantendo todas as folhas juntas.

– Uma vez que as folhas estão presas umas nas outras, os papéis se tornaram páginas e a estrutura do seu livro ficou pronta.

– Para preencher as páginas do livro memória, pense nas vivências que você tem tido na sua casa. Coloque nas páginas do livro elementos que descrevam as suas sensações e experiências dentro de casa: cheiros, texturas, palavras, letras, cores, desenhos, colagens, etc.

– Você também pode usar materiais que produzam sons para ajudar a ilustrar as suas vivências: lixas, saco plástico, folhas de plantas, arames, etc.

– Ao final, explorando cada página do livro, você poderá sentir, contar e compartilhar com as pessoas as suas histórias, além de guardar na memória e lembrar das sensações vivenciadas.

– A cada vez que você ou outra pessoa ler o seu livro a experiência será diferente.

– Experimentando materiais diferentes você pode criar muitas formas de livro: livro pedra, livro dobradura, livro molhado, livro de comer, livro transparente, etc. Use a sua imaginação!

As professoras Júlia Saldanha e Luana Vieira fazem atividades como essa durante o curso Livrinho de artista.

Compartilhe a sua experiência com a gente postando o vídeo no feed do instagram com a hashtag #ParquinhoLageficaemcasa, marcando @parquelage nos stories ou enviando para a gente pelo parquinholage@gmail.com.