EAV Parque Lage

PARQUINHO LAGE FICA EM CASA – OBJETOS SENSORIAIS

PARQUINHO LAGE FICA EM CASA – OBJETOS SENSORIAIS

Objetos Sensoriais [diário de bordo]
Para crianças e suas famílias
Materiais sugeridos: sacos, areia, água, tecidos, pedras, grãos, temperos, e outras coisas com diversas texturas e formas.


PARQUINHO LAGE FICA EM CASA

O parquinho lage convida as crianças a realizarem um diário de bordo sobre suas vivências dentro do universo que estarão imersos durante os próximos dias. Além de criar um arquivo de memória com suas experiências, a ideia é que as crianças também possam expandir e vivenciar seus espaços cotidianos de formas diferentes, redescobri-los e reinventá-los.

Vamos propor atividades que provoquem encontros virtuais, pelos quais será possível conhecer o que se passa nos lugares onde está cada criança, e formar uma rede de comunicação e aprendizado.

Compartilhe a sua experiência com fotos ou vídeos no feed do instagram com a hashtag #ParquinhoLageficaemcasa ou marque @parquelage nos stories. Adoraríamos conferir como está o seu diário de bordo.

Neste momento consideramos que nada é mais importante que a saúde e a segurança de nossa comunidade. A reclusão é um ato de responsabilidade de todas e todos. Alinhados ao nosso papel educativo, na formação de artistas e públicos da cultura, durante toda a semana compartilharemos conteúdos digitais especialmente selecionados para que essa quarentena seja mais leve e acolhedora, com informações sobre artes visuais e cultura.


ATIVIDADE 14: OBJETOS SENSORIAIS
Para crianças e suas famílias
Materiais sugeridos: sacos, areia, água, tecidos, pedras, grãos, temperos, e outras coisas com diversas texturas e formas.

A artista Lygia Clark desenvolveu objetos que para ela só existiam quando uma pessoa interagia com eles. Lygia, chamou esses objetos de Objetos relacionais e um tempo depois, passou a usá-los como prática terapêutica, colocando-os em contato com os corpos das pessoas. Alguns dos objetos eram máscaras, roupas, outros sacos com água e concha, ou pedras e ar. Cada um deles acionava sensações diferentes pelo olfato, tato, etc..

Vamos criar objetos e descobrir as diferentes sensações que eles podem provocar? Que objetos você poderia inventar na sua casa? Que sensações gostaria de sentir e provocar nas pessoas?

Busque coisas com diversas texturas e perfumes para criar os seus objetos sensoriais: sacos de plástico ou tecido, areia, grãos, gel de cabelo, água, tecidos, pedras, canela, cravo, alecrim, etc. Escolha um lugar tranquilo para construir os seus objetos e ao terminar, convide alguém para experimentar com você as sensações que os objetos provocam ao tocá-los, vesti-los e cheirá-los.

Como inventar objetos sensoriais?

– Pense nos materiais que podem provocar sensações diversas no nosso corpo. Que texturas, formas e cheiros eles podem ter?

– Busque coisas com diversas texturas, perfumes e formas para criar os seus objetos sensoriais: sacos plásticos, areia, gel de cabelo, água, tecidos, pedras, canela, cravo, alecrim…

– A partir dos materiais que vocês escolheu, imagine como serão esses objetos : macios, ásperos ou duros? Com cheiro forte? Pesado ou leve? Molhado ou seco? Com sons?

– Encontre um lugar tranquilo da casa para construir e experimentar os objetos

– Quando terminar, organize-os da maneira que achar melhor para que as pessoas possam senti-los, pode ser sobre uma mesa, no chão, em uma cadeira, dentro de uma caixa, colado na parede, etc. Você também pode ir colocando os objetos sobre a pessoa deitada.

– Crie orientações de como experimentar cada objeto sensorial: uma máscara para vestir, um saco com coisas para tatear, um objeto para cheirar, ou coisas que provoquem ruídos para escutar. Você pode conduzir a pessoa que for experimentá-los no momento do uso.

– Dê nomes aos objetos.

– Convide alguém para experimentar com você as sensações provocadas pelos objetos que você inventou

– Peça para a pessoa descrever o que sente ao interagir com o objeto.

– Experimente os seus objetos também e descubra as sensações que ele provoca no seu corpo.

– Peça para a pessoa que experimentou os seus objetos escolher ou inventar um objeto para vocês senti-lo juntos!

Conheça mais sobre o trabalho Objetos relacionais, 1966- 2012, Lygia Clark.

Compartilhe a sua experiência com fotos ou vídeos no feed do instagram com a hashtag #ParquinhoLageficaemcasa ou marque @parquelage nos stories. Adoraríamos conferir como está o seu diário de bordo.