A Marca

PALATNIK INSPIROU A MARCA DO PARQUINHO LAGE

A marca do Parquinho Lage foi inspirada na obra cinética de Abraham Palatnik. A Escola de Artes Visuais do Parque Lage toma a alegria, a engenhosidade e os movimentos da arte de Palatnik como metáfora para o Parquinho Lage, sua escola de arte para crianças, com seus movimentos de aprendizagem mútua e livre que são a essência da EAV.
 

Objeto Cinético P4 – Abraham Palatnik

Abraham Palatnik nasceu em Natal (RN) em 1928, recebeu sua educação formal em Tel Aviv, onde estudou na Escola Técnica Montefiori, especializando-se em motores de explosão, e iniciou seus estudos de arte no ateliê do pintor Haaron Avni (1906-1951) e do escultor Moshe Sternschuss (1903–1992).

O artista mudou-se para o Rio de Janeiro em 1947, quando passou a visitar o Hospital Psiquiátrico Dom Pedro II, coordenado pela dra. Nise da Silveira, e apreciar a obra excepcional de pacientes esquizofrênicos sem treinamento artístico prévio. Palatnik, então, abandonou a pintura e a figuração e passou a estudar a luz e o movimento. Em 1954, integrou o Grupo Frente com Ivan Serpa, Mário Pedrosa, Franz Weissmann e Lygia Clark, entre outros.

Em 1951, Palatnik teve sua obra motorizada Objeto Cinecromático: Azul e Roxo em Primeiro Movimento inicialmente recusada pela 1ª Bienal de São Paulo, por não se encaixar em nenhuma das categorias existentes na época. A obra foi depois aceita e recebeu menção honrosa do júri internacional da Bienal. Além de objetos cinéticos, ele desenvolveu também móbiles, desenhos e composições em madeira e papelão. Participou depois de outras sete edições da Bienal de São Paulo e de uma Bienal de Veneza (1964).

Na visão de Palatnik, a função do artista é disciplinar a percepção do caos.

 

 

 
O desenvolvimento da marca do Parquinho Lage foi confiado à dupla Fred Gelli e Marina Ribas, que se inspirou na obra Objeto Cinético P4, de Abraham Palatnik. A marca possui variações cromáticas dentro da paleta de cores da obra de Palatnik e ganhará em breve versões animadas, apropriando-se do movimento da arte cinética.

Fred Gelli é um dos fundadores da Tátil Design de Ideias e da aceleradora de negócios Pipa. Foi um dos criadores da marca das Olimpíadas de 2016. É também professor na Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro. Marina Ribas é artista plástica e designer, além de aluna da EAV Parque Lage.

A marca foi apresentada a Palatnik pelos autores e pela equipe do Parque Lage em visita ao ateliê do artista, no bairro da Urca, no Rio de Janeiro.

Apresentação da marca do Parquinho Lage para PalatnikFotos: Marina Ribas