Portfólio de Artista : estratégias de apresentação e desenvolvimento

Portfólio de Artista : estratégias de apresentação e desenvolvimento

Carlos Zilio. Para um jovem de brilhante futuro, 1973.

Professor: Bruno Miguel

Curso Intensivo 2019
03 de outubro a 21 de novembro
[Dias 03, 10, 17, 24 e 31 de outubro e 07, 14 e 21 de novembro]
Quinta-feira, 19:00–22:00
R$ 380,00/mês

O curso é voltado para artistas em diferentes estágios de carreira e pesquisa que estejam buscando profissionalização. Artistas interessados em uma melhor apresentação e entendimento dos mecanismos para maior chance de acesso a editais, residências artísticas e inserção no circuito. Debateremos sobre a construção da carreira artística analisando os aspectos objetivos inerentes à mesma.

Conteúdo
O curso pretende tirar dúvidas sobre as aproximações e relações do artista com galerias e mercado, com curadores e instituições, com outros artistas e o meio. Quais são os formatos adequados de apresentação dos conteúdos, projetos e portfólios.

Dinâmica
O curso apresentará portfólios de artistas nacionais e internacionais debatendo formatos e a partir do acompanhamento em sala ajudará no desenvolvimento do material dos artistas.

Referências
Portfólios, projetos de exposições individuais e coletivos, sites de artistas e galerias.

Bruno Miguel
Nasceu no Rio de Janeiro, em 1981, cidade onde vive e trabalha. Formou-se em artes plásticas e pintura pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro, em 2009. Fez diversos cursos na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Participou da exposição Nova Arte Nova, apresentada no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro, em 2008, e em São Paulo, no ano seguinte. Em 2009, participou pela segunda vez da Bienal de La Paz, do Salão de artes de Itajaí, e da mostra Latidos Urbanos no MAC de Santiago, Chile. Realizou, no Rio de Janeiro, as exposições individuais Spring Love, no Largo das Artes, em 2010, e Have a Nice Day!, na Luciana Caravello Arte Contemporânea, em 2011. Neste ano, também participou das mostras Nova Escultura Brasileira, na Caixa Cultural, Rio de Janeiro. Em 2012, participa da mostra Novas Aquisições – Gilberto Chateaubriand no MAM e GramáticaUrbana, no Centro de Arte Hélio Oiticica, no Rio de Janeiro, além da Individual DVCO, NON DVCOR, na galeria Emma Thomas em São Paulo. Em 2013 apresentou em dupla com Alessandro Sartore a exposição Ex-culturas no Museu da República. Em Nova Iorque, apresentou a individual Make Yourself at Home, na S&J Projects, além de participar das coletivas Sign of the Nation e Etiquette for a Lucid Dream em Newark. Ainda nesse ano apresentou a individual “Tudo posso naquilo que me fortalece” na galeria Luciana Caravello e “Todos à Mesa” na galeria Emma Thomas em São Paulo. Em 2014, participa da coletiva Encontro dos mundos e Tatu: Futebol, Adversidade e Cultura da Caatinga no MAR – Museu de Arte do Rio de Janeiro. Em 2015, realiza a individual Sientase em casa na Sketch Gallery em Bogotá. Apresenta também as individuais “A Cristaleira” no Oi Futuro – Flamengo, “A Viagem Pitoresca” na Caixa Cultural de Curitiba e “Essas pessoas na sala de jantar” no Paço Imperial do Rio de Janeiro e em 2016 no Centro Cultural São Paulo. Em Nova York realiza a individual “Seduction and Reason” na galeria Sapar Contemporary no segundo semestre de 2017. Vem atuando como curador junto a um grupo de jovens pintores, no projeto Mais Pintura desde 2013. Escreveu o projeto e fez a curadoria da mostra “A Luz que Vela o Corpo é a Mesma que Revela a Tela” apresentada na Caixa Cultural do Rio de Janeiro em 2017. Em 2018 participou da mostra “The world on Paper” no Palais Populair em Berlin e em 2019 realizou sua primeira institucional individual nos EUA, “You can`t take it with you?” na PCA&D, Lancaster Pennsylvania. Deu aulas, em 2010, na Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro, e é professor da Escola de Artes Visuais do Parque Lage desde 2011. Recebeu Menção Honrosa Especial na V Bienal Internacional de Arte SIART, em La Paz, Bolívia em 2007. No mesmo ano ganhou bolsa da Incubadora Furnas Sociocultural para Talentos Artísticos. Seu trabalho está em importantes coleções nacionais e internacionais. E ao longo dos últimos anos participou de residências artísticas em New Jersey, Vermont e Miami nos EUA e em lima no Peru. Sendo representado por galerias no Brasil, EUA e Peru.