Questões fundamentais da pintura

Questões fundamentais da pintura

Professor: Luiz Ernesto

Turma 1
09 de janeiro a 28 de junho
Segunda e quarta das 14h às 17h
R$ 450,00/mês
Turma 2
09 de janeiro a 26 de junho
Quarta-feira das 19h30 às 22h30
R$ 380,00/mês
 

Público-alvo
Estudantes ou profissionais de qualquer área, interessados em desenvolver um trabalho em pintura. Não é exigido qualquer conhecimento prévio na área.

Objetivos
O curso visa propiciar ao aluno conhecimentos fundamentais para o desenvolvimento de um trabalho pessoal em pintura.

Conteúdo
Neste curso o aluno terá contato com inúmeros procedimentos técnicos de pintura sempre discutidos à luz de seus aspectos históricos e conceituais. Através da apresentação de imagens em livros ou em Power points, será mostrado como o surgimento de novos materiais e técnicas foi concomitante às mudanças na concepção de arte ao longo da história.

Inicialmente, será visto como a pintura a têmpera da idade média, com os esquemas de cor de Cennino Cennini, dará lugar à pintura baseada no conceito de mímesis no Renascimento: o aparecimento da tinta a óleo e o claro/ escuro; a perspectiva linear e a atmosférica; a ilusão de profundidade e volume.

Posteriormente, os exercícios abordarão a concepção moderna de espaço planar. Será analisada a pintura de Cézanne, dos Cubistas e dos Expressionistas Abstratos. Será discutido também a oposição “materialidade” da pintura x a “invisibilidade” do material.

Na última sequência de exercícios serão discutidas as “contaminações” da pintura com os outros meios, isto é, o dialogo da pintura com a gravura, com a fotografia e com a escultura, e a consequente expansão de seus limites e definições. Para isto, serão abordados desde as colagens cubistas às serigrafias de Rauschenberg e Warhol, ao uso da impressão digital; dos Relevos Espaciais de Oiticica às pinturas relevo de Stella e as instalações de Franz Ackermann.

Dinâmica
Durante os primeiros meses do curso, o aluno realizará uma sequência de exercícios práticos propostos em cada aula, onde experimentará diversos materiais e procedimentos. Após este período, o aluno passará a desenvolver projetos próprios visando a produção de um trabalho pessoal.

Bibliografia
ARGAN, Giulio Carlo. Arte Moderna. Companhia das Letras, São Paulo, 2010.
FERREIRA, Gloria e COTRIM, Cecília (org.). Escritos de Artistas, anos 60/70. Editora
Zahar, Rio de Janeiro, 2006.
FLORES, Laura Gonzales. Fotografia e Pintura: Dois meios diferentes?. São Paulo: Wmf Martins Fontes, 2011. 280 p.
SCHWABSKY, Barry. VITAMIN P. Phaidon, 2011. 352 p.
GODFREY, Tony.Painting Today. Phaidon, 2009.

Luiz Ernesto
Artista. Ex-aluno da EAV Parque Lage, foi seu diretor de 1998 a 2002. Em 1992, foi contemplado com bolsa de estudos no Glasgow Print Studio pelo British Council. Integrou a mostra “Como vai você, geração 80?” (EAV Parque Lage, 1984). Desde 1982, participa de exposições no Brasil e no exterior.

Regulamento de bolsas ➝