EAV Parque Lage

Residência Artística EAV Parque Lage – Residência São João

Inscrições Encerradas

Veja o resultado da seleção.


A Escola de Artes Visuais do Parque Lage lança 18 (dezoito) vagas para o Programa de Residência Artística EAV Parque Lage – Residência São João, destinadas a artistas e pesquisadores interessados em desenvolver projetos interdisciplinares, com enfoques em história, expedições científico-artísticas e ecologia.

Apresentação

O objetivo é proporcionar jornadas de leituras e discussões, passeios e trocas de experiências, no contexto de uma fazenda que data de 1853, pertencente ao segundo ciclo de expansão do café no Brasil Colonial, localizada no município de São José do Vale do Rio Preto (RJ). Cerca de um terço dos alimentos da Residência São João é produzida na própria fazenda em sistema agroecológico.

A fazenda conta com uma biblioteca de referência em história local/colonial, botânica e cultivo do café, além de um acervo de publicações independentes e livros sobre arte moderna e contemporânea. O local, que não dispõe de Wi-Fi, requer interesse no ambiente bucólico de uma área rural e capacidade de isolamento. Os participantes poderão utilizar espaços para o desenvolvimento de sua pesquisa pessoal, porém precisam estar disponíveis para trabalhar em colaboração.

As atividades, acompanhamentos de estudos, pesquisa e projetos, estarão sob a supervisão de professores do quadro de ensino do Parque Lage. São eles: Bruno Balthazar, Damiana Bregalda Jaenisch, Daniel Jablonski, Guilherme Gutman, Franz Manata, Pedro França e Saulo Laudares.

Da orientação pedagógica
Os encontros entre artistas, pesquisadores e professores darão ênfase a questões inerentes ao ambiente local:
• tempo, memória, isolamento
• espaço, travessia, intervenção na paisagem
• ascetismo, mínimo comum, alimentação
• alteridade, mitologias, oralidade

As 18 (dezoito) vagas serão distribuídas em dois grupos de residentes:
• 11 a 20 de agosto
• 21 a 30 de agosto

Investimento
Investimento para 10 (dez) dias por pessoa: 1.200 reais (Hum mil e duzentos).
Inclui transporte local, hospedagem durante 10 (dez) dias, alimentação e serviços de lavanderia.
Possibilidade de parcelamento em 3 (três) vezes.

Da Participação
Para participar do processo seletivo, o candidato (maior de 18 anos) deverá enviar
o material listado abaixo para o e-mail parquelagesaojoao@gmail.com

1) Currículo atualizado;
2) Esboço de um plano de trabalho e uma carta de intenção, respondendo à seguinte pergunta: O que você aportaria no grupo de residentes?
3) Link para um portfolio digital ou plataforma vimeo (para artista);
4) Três textos publicados ou inéditos (para pesquisador).

Processo seletivo
Para este fim, será constituída uma Comissão de seleção (três membros) que analisará o material enviado e escolherá os candidatos. O Comitê de seleção é soberano.

Anúncio da seleção

• Os candidatos escolhidos serão comunicados por e-mail e por telefone. A lista dos nomes será publicada no site da EAV Parque Lage e divulgada pelas redes sociais.

• A reserva da vaga só será confirmada após o recebimento do comprovante de pagamento, a ser enviado por e-mail para Antonio Sobral, com o título “COMPROVANTE – RESIDENCIA”, no e-mail: comantoniosobral@gmail.com

Conta para o depósito
Banco Itaú
ag. 3005 / cc 06243-9
Antonio Sobral
CPF 114.484.117-85

• O selecionado deverá confirmar interesse mediante pagamento de 50% de sua inscrição em até 48 horas, ou poderá perder sua vaga.

Cronograma
20/06/2016 – Lançamento da convocatória e início das inscrições
14/07/2016 – Encerramento das inscrições
19 e 20/07/2016 – Processo de seleção
21/07/2016 – Anúncio dos selecionados no site da EAV Parque Lage
11/08 a 20/08/2016 – Período de residência da primeira turma (nove candidatos)
21/08 a 30/08/2016 – Período de residência da segunda turma (nove candidatos)

Sobre os professores da EAV Parque Lage

Bruno Balthazar é professor de arte e mídia educação, integrante do projeto de arte Rebola, onde atua como pesquisador, DJ e produtor. Sua vida no universo da cultura afro-brasileira começou aos quatro anos de idade quando foi batizado na umbanda. Aos dezesseis anos foi iniciado em um tradicional Candomblé  do Rio de Janeiro e aos trinta e dois no culto a Ifá.

Damiana Bregalda Jaenisch é doutoranda em Artes na UERJ com período sanduíche no Collège de France/Paris e mestre em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Realiza pesquisas sobre artes indígenas, com ênfase em rituais e nas relações destes povos com espaços de arte contemporânea.

Daniel Jablonski é artista e pesquisador independente, mestre em Filosofia contemporânea (Sorbonne, Panthéon – Paris) e em História da Arte / Estudos de Crítica e Curadoria (Institut National de l’Histoire de l’Art / Columbia University – Paris, Nova York).

Guilherme Gutman é médico psiquiatra e psicanalista. Professor adjunto do Departamento de Psicologia da PUC-Rio e professor da EAV – Parque Lage, ambas no Rio de Janeiro. Crítico e curador em artes visuais. Autor do livro William James & Henry James: filosofia, literatura e vida.

Franz Manata e Saulo Laudares são artistas que investigam diferentes mídias e partem da observação sobre o universo do comportamento e da cultura da música eletrônica e sua articulação em rede na era da economia da informação.

Michelle Sommer é doutoranda em História, Teoria e Crítica de Arte no PPGAV/UFRGS com estágio doutoral junto à University of Arts London, Central Saint Martins, em estudos expositivos. É mestre em Planejamento Urbano e Regional, na área de cidade, cultura e política e arquiteta.

Pedro França é artista e membro da Cia. Teatral Ueinzz. Leciona História e Teoria da Arte no Museu de Arte Moderna de São Paulo e no Instituto Tomie Ohtake (SP). Foi estudante da EAV Parque Lage e professor do Instituto de Artes da UERJ. Trabalhou na equipe de curadoria da 29a. Bienal de São Paulo (2010).

Sobre a Residência São João
A coordenação da Residência São João é de Antonio Sobral, artista e editor, ex-estudante da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Foi assistente de Adriana Varejão e estudou Cinema no Departamento de Arte da Faculdade Paris I, Sorbonne (Paris). A presente convocatória é a quinta edição da Residência São João, que já recebeu artistas de diversos países (Alemanha, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Estados Unidos, França e México).

Mais informações: http://www.residenciasaojoao.com