Anúncio do Resultado do III Prêmio Reynaldo Roels Jr.

Anúncio do Resultado do III Prêmio Reynaldo Roels Jr.

Pedro Varella (com o coletivo G.rua arquitetos) “De onde não se vê quando se está”
APRESENTAÇÃO
REGULAMENTO DO PRÊMIO
PROGRAMAÇÃO DO SEMINÁRIO
DIVULGAÇÃO DOS SELECIONADOS
ANÚNCIO DO RESULTADO
SOBRE REYNALDO ROELS JR.
A Escola de Artes Visuais do Parque Lage tem o prazer de anunciar o aluno,
arquiteto e artista vencedor do III Prêmio Reynaldo Roels Jr:

Primeiro lugar – Pedro Varella (com o coletivo G.rua arquitetos), “De onde não se vê quando se está”

A comissão valorou a originalidade da proposta arquitetonicamente articulada com o museu, considerando, ainda, a plena integração entre arte, arquitetura e paisagem na construção de novas visualidades que são propostas através da instalação.

 
Segundo lugar – Lucas Osório, “Fiada”
A comissão valorou o impacto na paisagem existente proposta pela instalação bem como a radicalidade do projeto e sua potência para leituras possíveis do atual contexto político e social.

 
Terceiro lugar – Emilia Estrada, “Condição de Visibilidade”
A comissão aponta a qualidade projetual da instalação articulada com ampla pesquisa iconográfica acerca do local da proposta que potencializa novas leituras da Baia de Guanabara a partir de seu contexto histórico.

 
Menção honrosa – Ana Matheus Abbade, “T”
A comissão outorga Menção Honrosa ao projeto de Ana Matheus Abadde, pela inovação do projeto frente à construção de suas práticas artísticas e a oportunidade de amplificação de sua própria produção poética.

 
COMISSÃO DE SELEÇÃO
A comissão de premiação foi formada pelos críticxs e curadorxs Michelle Sommer (arquiteta e pós-doutoranda em Linguagens Visuais na Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro – EBA-UFRJ), Pablo León de La Barra (Museu Guggenheim/ Latin America e Museu de Arte Contemporânea de Niterói – MAC) e Lisette Lagnado (Escola de Artes Visuais do Parque Lage) que analisaram 22 projetos para a terceira edição do Prêmio Reynaldo Roels Jr.

A diversidade dos projetos submetidos reitera a pertinência deste importante prêmio dentro de uma escola de arte e a investigação da instalação enquanto linguagem artística, em virtude de sua capacidade de questionar o ambiente onde é realizada.

 
SOBRE O PRÊMIO
O critico e curador Reynaldo Roels Jr. (1951-2009) foi coordenador do Núcleo de Pesquisa do MAM Rio entre 1991 e 1992, curador da Coleção Gilberto Chateaubriand de 1997 a 2000, e diretor da EAV Parque Lage de 2002 a 2006, onde também lecionou. Foi ainda curador do MAM Rio de 2007 até sua morte, em 2009.

O Prêmio Reynaldo Roels Jr. existe graças a uma dotação anual do economista Helio Portocarrero e do advogado Nelson Eizirik.

 
SEMINÁRIO
A síntese, característica marcante do desenho de Oscar Niemeyer, e as complexas relações da arquitetura aplicada aos modos de vida na cidade, configuram o disparador inicial do seminário “A Síntese entre Arte, Arquitetura e Paisagem”, expandindo a noção de espaço, fundamental para instalações.


APOIO INSTITUCIONALMAC