Anúncio dos selecionados – bolsas-viagem para a Documenta 14 (Atenas e Kassel) e Münster Skulptur Projekte

Anúncio dos selecionados – bolsas-viagem para a Documenta 14 (Atenas e Kassel) e Münster Skulptur Projekte

Com financiamento do Goethe-Institut do Rio de Janeiro, a Escola de Artes Visuais do Parque Lage, órgão vinculado à Secretaria de Estado de Cultura, anuncia as duas artistas ganhadoras das bolsas-viagem para a Documenta 14 (Atenas e Kassel) e Münster Skulptur Projekte. A EAV Parque Lage parabeniza as selecionadas.

A comissão de seleção, formada pela curadora Michelle Sommer e o artista Daniel Steegmann Mangrané, decidiu outorgar o prêmio de viagem à Documenta 14 a Anitta Boa Vida e Odaraya Mello, e designar como suplentes primeiro e segundo a Rafael RG e Anna Costa e Silva.

Anitta Boa Vida
A comissão valorou a potência e os desdobramentos que a ideia de “mulher como sul do mundo” poderão agregar à prática artística atual de Anitta Boa Vida, e aposta nesta viagem como uma oportunidade de encontro com outras vozes que poderão agregar a sua prática artística através desta viagem de formação.

Odaraya Mello
A comissão valorou o impacto que os conteúdos e as discussões levantadas pela Documenta 14 pode ter no trabalho de Odaraya Mello, e como pode vir a servir e influir para suas atuais pesquisas sobre diáspora, raça e gênero desta jovem artista.

 
SUPLENTES

Rafael RG
A comissão valorou muito positivamente a proposição de Rafael RG de criar um circuito de afetos que se estabelece no presente como um forte ato de resistência à crescente “colonização e mercantilização das relações”.

Anna Costa e Silva
A comissão valorou a capacidade do projeto de Anna Costa e Silva para a criação de estados de intimidade e estranheza, híbridos de realidade e ficção, assim como apreciou sua negativa deixar qualquer registro das ações como parte constituinte de sua potencia poética.

 
A comissão também realiza Menção Honrosa ao projeto de Jorge Menna Barreto, pela excelência de sua qualidade reflexiva e reconhece a potência de sua prática artística. No entanto, tendo como critério formação e ensino, a comissão optou por indicar artistas que possam vir a se beneficiar mais intensamente desta oportunidade. A comissão recomenda fortemente que o projeto de Jorge Menna Barreto, adaptado ao contexto local, seja realizado na Escola de Artes Visuais do Parque Lage em um futuro próximo.

A EAV Parque Lage reitera o protagonismo de escolas livres que atuam como laboratórios de ideias e manifestações, estabelecendo um diálogo horizontal entre jovens artistas, estudantes e professores, a fim de estimular uma participação nos processos de produção simbólica de sentidos e agradece pelas participações e reflexões críticas de todos os 24 artistas e pesquisadores integrantes do seminário A tropicalização do Norte.

 
PÁGINA DO EDITAL


APOIO INSTITUCIONAL
logo-goethe-institut