Teorias da arte

Teorias da arte

Professor: Fernando Cocchiarale

1º semestre
06 de março a 27 de junho
Terça-feira, 10:00–12:00
R$ 380,00/mês
 

Público-alvo
Estudantes de arte, de estética, história da arte e demais interessados.

Objetivos permanentes
Mostrar as diversas teorias da arte como construções discursivas correlacionando-as com os contextos históricos em que surgiram. Acada semestre ostextos são renovados.

Conteúdo
Apresentar e debater as diferentes vertentes da reflexão gerada em torno da produção artística e dos diversos conceitos de arte com base na problematização do próprio objeto dessas teorias – a arte naturalizada (isto é, tida como traço permanente de qualquer cultura). Desse ponto de vista serão trazidas não só questões constitutivas da consolidação do campo das teorias da arte no século XVIII, como aquelas da modernidade e da contemporaneidade (a cada semestre são apresentados, de comum acordo com a maioria dos alunos, autores que embora não abordados em cursos anteriores são representativos das questões acima sumarizadas).

Dinâmica do curso em 2018: Escritos de artistas
Neste semestre o curso terá como foco o pensamento teórico poético de artistas do Brasil e de outros países .desde o começo do século XX. Serão apresentados e discutidos manifestos , textos, entrevistas e depoimentos de questões e pensamentos sobre a arte, sem a hierarquização de fontes ou de disciplinas (esperimentais, filosóficas, históricas, sociológicas, antropológicas).

Bibliografia
BAZIN, Germain. História da História da Arte. São Paulo: Martins Fontes, 1989.
GUASH, Anna Maria (ed.). La Crítica Dialogada. Murcia: Cendeac, 2007. (Col. Ad Hoc.)
LATOUR, Bruno. Jamais fomos Modernos: ensaio de antropologia simétrica. São Paulo: Editora 34. 1994.
SHINER, Larry. La invención del arte, una historia cultural. Barcelona, Buenos Aires, México: Ediciones Paidós Ibérica, S.A., 2004,
VALÉRY, Paul. Introdução ao método de Leonardo da Vinci. São Paulo: Editora 34, 1998.
WITTGENSTEIN, Ludwig. Investigações filosóficas. São Paulo: Abril Cultural, 1984. (Coleção Os Pensadores)

Fernando Cocchiarale é professor de Filosofia do Departamento de Filosofia da PUC-RJ (desde 1978) e da Escola de Artes Visuais do Parque Lage desde 1990. Autor de livros como Abstracionismo Geométrico e Informal: A Vanguarda Brasileira dos Anos 50 (com Anna Bella Geiger), Rio de Janeiro, MEC/ Funarte, 1987 e Quem Tem medo da Arte Contemporânea, Recife, Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2006, publicou cerca de 200 artigos, textos e resenhas em coletâneas, catálogos Jornais e revistas de arte do Brasil e do exterior (tais como o Jornal do Brasil, RJ; Módulo, RJ; Guia das Artes, SP; Galeria e ArtNexus, Colombia). Foi membro da Comissão Curadora do Projeto Rumos Visuais de 1999 a 2000; curador-coordenador do mesmo Projeto entre 2001 / 2002 e, de novembro de 2000 a agosto de 2007, curador do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Foi curador da Casa de Cultura Laura Alvim, no Rio de Janeiro (2011/2012) e curador das mostras de arte contemporânea do Santander Cultural, Recife (2011). É doutor em Tecnologias da Comunicação e Estética pela Escola de Comunicação da UFRJ (2012). Em 2016 reassumiu a curadoria do MAM do Rio de Janeiro.