Territórios Gráficos - Memória Lage

Territórios Gráficos - Memória Lage

Giodana Holanda. Espaços da EAV, 2018.

Professoras: Bia Amaral e Giodana Holanda

Férias de Inverno 2019
04 a 25 de julho
[Dias: 04, 11, 18 e 25 de julho]
Quinta-feira, 14:00–17:00
R$ 380,00

Territórios Gráficos – Memória Lage O curso tem abordagem prática e visa a realização de produções gráficas a partir de memórias da EAV e do Parque Lage utilizando arquivos do Memória Lage. Explorando noções de arquivo, memória e território, propomos a ocupação transitória de um espaço de escola para a criação de territórios gráficos utilizando técnicas de impressão analógicas e digitais

Conteúdo
O curso propõe a criação de territórios gráficos a partir da ocupação transitória de um espaço da escola ou do Parque Lage. A proposta está relacionada à exposição Território Ocupado ocorrida em 1986 na EAV, documentada no Memória Lage, visando uma releitura desse evento. Território Ocupado nasceu de um convite do então diretor da EAV, Marcus Lontra, a 41 artistas ligados afetivamente à EAV para ocupar os espaços do casarão. Em suas palavras, abrindo as portas da instituição “para a liberdade, território de ocupação do sensível”.

Referências
Arquivos do Memória Lage
Merewether, C. The Archive. Documents of Contemporary Art. Whitechapel and MIT Press, 2006.
Farr, Ian. Memory. Documents of Contemporary Art. Whitechapel and MIT Press, 2012.

*Leia as normas de matrícula on-line aqui.

Bia Amaral Graduada em Projeto Gráfico na Escola de Belas Artes da UFRJ, cursou desenho e teoria no MAM, RJ, litografia, serigrafia, fotografia e pintura na Escola de Artes Visuais do Parque Lage e gravura em metal na PUC-Rio. A partir dos anos 80 participa de diversos salões e coletivas no Brasil e exterior. Mostra seu trabalho em exposição individual em 1988, em Curitiba, e 1991 e 2004 no Rio de Janeiro. Recebeu o prêmio Estágio de Gravura no Salão de Arte Contemporânea de Pernambuco em 1987. Ministrou cursos de gravura no MAM, RJ, no Sesc-Tijuca, na Mostra Rio Gravura em 99. Desde 93 é professora da Escola de Artes Visuais do Parque Lage e faz parte da equipe que em 1998 implantou o NAT_EAV.

Giodana Holanda Artista visual. Doutora e Mestre em Design pela PUC-Rio na linha de pesquisa em Arte e Tecnologia. Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela UFPE. Possui formação complementar e experiência nas áreas de gravura, fotografia e imagem digital. É professora da Escola de Artes Visuais do Parque Lage desde 1984, onde atua nos núcleos de Imagem Gráfica e de Arte e Tecnologia. Tem interesse nas questões relacionadas ao cotidiano urbano e à mobilidade, narrativas digitais, cartografias subjetivas e uso de aplicativos para dispositivos móveis.