Tópicos Atuais de Arte Contemporânea em Inglês

Tópicos Atuais de Arte Contemporânea em Inglês

Dan Perjovski – Dialog

Professora: Tanja Baudoin

2º semestre
13 de setembro a 20 de dezembro
Quinta-feira, 19:30–21:30
R$ 380,00

Esse curso é para quem quer praticar falar e pensar em inglês, sobre assuntos atuais na cena internacional da arte. Cada aula parte de leitura coletiva do um texto que trata de temas atuais, como o papel do curador, o processo do artista, a crítica institucional, os deslocamentos culturais e as diferenças de gênero e classe. A leitura constitui a base para uma conversa entre os participantes. O curso pretende deixar os participantes mais confortáveis com a língua para conversar, ler textos em inglês sobre práticas contemporâneas, escrever editais para programas e residências no exterior ou ensaios curatoriais.

Os participantes devem ser de nível intermediário em inglês. O curso propõe um conteúdo amplo, que atende diversos interesses e está aberto a artistas, curadores e outros praticantes de arte.

Objetivos
O primeiro objetivo do curso é deixar os alunos mais fluentes na fala e na leitura de textos em inglês sobre as preocupações artísticas. O segundo objetivo é introduzir os alunos a um gama de debates internacionais sobre prática artística e curadoria.

Conteúdo
Os temas incluem a relação entre artista e curador; condições de trabalho no mundo da arte; processos artísticos; controvérsias e censura; o papel do inglês no discurso da arte contemporânea; ‘a declaração do artista’ e a voz do artista; deslocamentos culturais e diferenças de gênero e classe; práticas performativas e muito mais.

Dinâmica
O curso tem um formato de oficina, que parte de leitura coletiva. Desde o começo, isso vai envolver os alunos ativamente em conversas.

Bibliografia
– Rule, Alex; Levine, David, ‘International Art English’
– Claire Fontaine & Jens Hofmann: ‘Artistic Bitches and Curatorial Bastards’, em: the Exhibitionist #12, 2016.
– Filipovic, Elena, ‘On the History of the Artist as Curator’, em: Mousse Magazine, #41, 2013.
– Piper, Adrian, ‘My Calling (Cards) #1 and #2’, Out of Order, Out of Sight, 1996.
– Molesworth, Helen; Halperin, Julia, ‘Creating value around women artists: the chief curator’s view’, em: theartnewspaper.com, 2016.

Tanja Baudoin
Foi curadora da plataforma para projetos de arte performática ‘If I Can’t Dance, I Don’t Want To Be Part Of Your Revolution’ em Amsterdã, Países Baixos, onde coordenou o desenvolvimento de uma série de projetos comissionados com artistas e pesquisadores. Atualmente, está apresentando o projeto ‘Maneiras de trabalho’, uma série de conversas entre artistas de diferentes gerações no Rio, no CAPACETE. Participou do programa do CAPACETE no Rio de Janeiro em 2015. Estudou História da Arte da Universidade de Amsterdã.