menufechar

Contato

Siga a EAV

newsletter

Cadastre-se
Corpo Existência
Gustavo Alves
No dia 15 de setembro, às 19h, Gustavo Alves inaugura a exposição Corpo Existência, sob a curadoria de Adriana Nakamuta, marcando a reabertura da Galeria EAV, no primeiro piso da Escola de Artes Visuais do Parque Lage.
2022-09-11 11:57:31

Gustavo Alves | Corpo Existência

GUSTAVO ALVES | CORPO EXISTÊNCIA

Curadoria: Adriana Nakamuta

 

Abertura | 15 de setembro de 2022, quinta-feira, às 19h
Encerramento | 13 de novembro de 2022

 

Visitação | de quinta a terça-feira, das 10h às 17h (a exposição não abre às quartas). Não é necessário agendamento prévio.

 

A exposição integra o Plano Anual de Atividades da Escola de Artes Visuais do Parque Lage, que conta com o patrocínio do Instituto Cultural Vale, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

 

---

 

Corpo Existência

Gustavo Alves é artista formado na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Graduado em Jornalismo pela Universidade Federal do Espírito Santo, em 1990, e especialista em História da Arte Sacra pela Faculdade de São Bento do Rio de Janeiro, em 2018, Gustavo iniciou seus estudos no curso livre de pintura de João Magalhães em 2002, onde permaneceu até 2006. Logo abriu seu ateliê no Centro do Rio de Janeiro, mantendo-se ativo nesse espaço até 2008. Em 2009, retornou à escola para um curso noturno de modelo vivo com o professor Gianguido Bonfanti. Atualmente, participa do curso diurno, às quintas-feiras, ainda de modelo vivo, com o mestre Gianguido.

 

Essa breve narrativa biográfica foi a forma encontrada para justificar a importância da abertura desta Galeria enquanto espaço ativo e simbólico de aulas, além da circulação de ideias e artistas em formação da EAV. Os desenhos de Gustavo, aqui apresentados, simbolizam a importância e resistência desse local para a prática artística na cidade do Rio de Janeiro.

 

A escolha curatorial, em meio a centenas de estudos, desenhos e pinturas do artista, centra-se na possibilidade de apresentar as diferentes leituras e experimentações de Gustavo, fomentada pelos diferentes corpos que atravessam esse território de encontros entre a arte e o ensino, que configura a identidade da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. “Me sinto atraído pela variedade dos corpos, a variedade das figuras que eles podem se formar, apenas com as mudanças de posição e as histórias possíveis”, afirma o artista, ao relatar a motivação pela contínua ligação com o espaço de aulas - além do ponto fundamental, o diálogo com Gianguido.

 

Para Gustavo, esse contínuo exercício de desenho e pintura de modelo vivo é um “teste para também romper com os limites dados pela figura do corpo e conseguir representá-los, ainda que por meio de manchas que se desmancham ou elementos estruturais mínimos”, trazendo à luz da apreciação e contemplação do espectador a importância da figura humana no ensino artístico até a contemporaneidade.

 

São vinte anos de estudo, celebrados por meio desse sucinto e especial repertório pictórico, que marcam a seriedade da EAV - e do seu espaço enquanto escola livre de artes - na prática e na identidade artística de Gustavo Alves.

  

Adriana Nakamuta - Curadora

 

__ 

 

[English version]

  

BODY EXISTENCE

 

Gustavo Alves is an artist who attended the Parque Lage School of Visual Arts (EAV). He holds a bachelor's degree in Journalism from the Federal University of Espírito Santo (1990), and is specialized in Sacred Art History at the São Bento Faculty in Rio de Janeiro in 2018. Gustavo started his studies at João Magalhães’ painting course in 2002, and was his student until 2006. Soon after he opened his own studio in downtown Rio de Janeiro, where he was active until 2008. He returned to the school in 2009 for a night course in life-drawing with professor Giaguido Bonfanti. He’s currently a participant of professor Giaguido’s daytime life-drawing course, on Thursdays.

 

This brief biographical story is how I could justify the importance of opening this Gallery as an active and symbolic space for classes, besides being a hub for emerging ideas and artists in training at EAV Parque Lage. Gustavo’s drawings presented here symbolize the school’s resistance and its importance to artistic practice in the city of Rio de Janeiro.

 

The curatorial choice, made from hundreds of studies, drawings, and paintings by the artist, focuses on the possibility of presenting Gustavo’s different readings and experiments, which were sparked by the different bodies that traverse this territory of meetings between art and teaching, which makes up the identity of EAV Parque Lage. “I’m attracted to the variety of bodies, the variety of figures they can form just by changing positions, and the possible stories” says the artist when talking about his motivation to remain connected to the classroom—in addition to the main point, which is the dialogue with Gianguido.

 

For Gustavo this continuous exercise of drawing and painting live models is a “test to also go beyond the set limits of the figure of the body, and to be able to represent it, even if it is with blots that dissolve, or through minimal structural elements,” placing the importance of the human figure in art education up to the current day at the centre of the spectator’s appreciation and contemplation.

 

These are twenty years of study, celebrated in this succinct and special pictorial selection, which underlines the importance of EAV Parque Lage—and of its space as a free school of arts—to Gustavo Alves’ practice and artistic identity.

 

Adriana Nakamuta - Curator

Mais acontencimentos


Fique por
Dentro
Receba as novidades da
EAV Parque Lage por email.

Eu aceito
{"system_error":{"type":2,"message":"Trying to access array offset on value of type null","file":"\/home\/application\/public\/project\/inc\/frontend\/part\/aconteceu.php","line":21},"type_of":{"ajax_console":false,"jsonp":false}}