Orientação Multisuporte

LIVROS DE ARTISTAS E ARTES IMPRESSAS: EXPERIÊNCIAS PROCESSOS

Sobre o curso

O curso tem como intuito apresentar, avaliar e acompanhar ideias potencialmente artísticas e etnográficas cujas materialidades possam ser expressas em linguagens gráficas verbo-visuais impressas. Iremos enveredar pelos modos de produção, exposição, circulação, leitura/interação e construções de coleções de livros de artistas e arte impressa nas últimas décadas. Com ênfase no mundo da arte latino-americano ou amefricoladino, historicizaremos e discutiremos os diferentes modos de se referir à cultura impressa ao longo do tempo e por diferentes grupos socioculturais que conformam as sociedades letradas.

O que você vai aprender:

Percorreremos conjuntamente as diferentes conexões disparadoras propostas pelo docente com e a partir de publicações impressas, conduzindo os alunos ao fazer. Envoltos pelas exposições de diferentes processos de fabulação, invenção, descrição narrativa, edição e materialização de experiências individuais e coletivas artísticas, a turma será incitada a práticas impressas características dos livros de artistas.

program_tbl image 60

Orientação Multisuporte

LIVROS DE ARTISTAS E ARTES IMPRESSAS: EXPERIÊNCIAS PROCESSOS

R$480,00 por mês

Este curso é indicado para:

Indicado para pessoas interessadas em conhecer e/ou pesquisar o tema., Indicado para pessoas interessadas em desenvolver processos artísticos., Indicado para pessoas com processos artísticos em desenvolvimento., Não exige conhecimentos prévios.
Curso indicado para pessoas a partir dos 14 anos de idade.

Dinâmica:

O curso é conduzido por reflexões antropológicas disparadoras a respeito das relações étnico-raciais, de gênero, sexualidade, classe, território, escolaridade e cultura material.
As aulas têm caráter expositivo, prático e teórico. Os encontros serão orientados em função dos interesses comuns de professor e alunos.
  • Ministrado por:

    Nathanael Araujo

    Nathanael Araujo é professor da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Atualmente ocupa a função como coordenador de ensino. Formado em Ciências Sociais com doutorado em fase de conclusão em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas, também leciona nas Pós-Graduações em Estudos Brasileiros e em Antropologia da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo.

    Seus trabalhos pensam o mundo da arte impressa (livros de artistas, fotolivros, publicações) interseccionado por categorias como sexualidade, gênero, raça, classe, geração e território.

Secretaria

Todos os cursos online e presenciais emitem certificados. Anualmente será cobrada uma taxa administrativa válida para todos os cursos.Cancelamentos de cursos devem ser informados até o último dia útil do mês anterior.

Referências

PICHLER, Michalis. “Publishing Publishing Manifestos.” Publishing Manifestos. Editado por Michalis Pichler. MIT Press/Miss Read, Cambridge, MA-Berlín, 2019, pp. 12-19.

DRUCKER, Johanna. “Artists’ Books and the Cultural Status of the Book.” Journal of
Communication, 44, 1, 1994, pp. 12-42.

ARAÚJO, Nathanael. Tempo de feira: experimentações impressas e construções de si. São Paulo, 2018. Folder da 20ª Feira Tijuana de Arte Impressa.

BARROS, Helena de; CAMPOS, Jorge Lucio de; LESSA, Washington Dias. Entre aura e simulacro: o original e sua reprodução impressa sob uma perspectiva benjaminiana. Revista Trágica: estudos de filosofia da imanência, Rio de Janeiro, v. 9 n. 3, p. 71-85, 2016.

CADÔR, Amir Brito. Matéria de poesia: o pensamento impresso nos livros de artista.
Pós-Limiar, v. 3, e204972, 2020.https://doi.org/10.24220/2595-9557v3e2020a4972

REINHEIMER, Patricia; ARAUJO, Nathanael. Introduction to the Special Issue Race, Class, and Gender in the Invention of Contemporary Arts. The International Journal of Arts Theory and History , v. 2, p. 1, 2023.

ARAUJO, Nathanael; FARIA JUNIOR, W. J. B.. Alejandro Dujovne entre a invenção de uma “cultura judaica” e as políticas públicas para o livro na Argentina contemporânea. REVISTA ENFOQUES (RIO DE JANEIRO) , v. 18, p. 323-343, 2021.

ARAÚJO, NATHANAEL; COSTA, Ana Paula da. “I want to find real readers, discover their responses to books and their reading practices”. The story of printed production by Martyn Lyons. Todas as Artes Revista Luso-Brasileira de Artes e Cultura , v. 3, p. 126-133, 2020.

ARAUJO, Nathanael; SORÁ, Gustavo. 'Um amor, um amor pelos livros que me fez pegar o risco': diálogos com o antropólogo Gustavo Sorá. PROA: Revista de Antropologia e Arte , v. 9, p. 253-276, 2019.

GRIGOLIN, Fernanda; MEDEIROS, Vânia ; FELDHUES, M.; ARAUJO, Nathanael; FABRES, Paola. Aquilo Tudo Antes do Porvir. Arte ConTexto , v. 4, p. 10-13, 2016.

ARAUJO, Nathanael. As muitas faces de um livro: sexualidade e moralidade no mercado editorial. In: RANGEL, Everton; FERNANDES, Camila; LIMA, Fátima. (Org.). (Des)Prazer na Norma. 1ªed.Rio de Janeiro: Papéis Selvagens, 2018, v. , p. 247-272.

ARAUJO, Nathanael . [Artigo Sem Título]. In: Grigolin, Fernanda; Ayerbe, Julia. (Org.). Entre, à Maneira de, Junto a Publicadores. 1ªed.São Paulo: Edições Aurora I Publication Studio São Paulo, 2016, v. , p. 20-23.

ARAUJO, Nathanael . Quantas letras são necessárias para a descolonização do pensamento? AEANFDC: um coletivo de artistas contemporâneos, negros, LGBTQI+ e diaspóricos. Jornal de Borda, p. 41 - 41, 09 mar. 2019.

ARAUJO, Nathanael . Experiências e memórias negras revisitadas: a transmutação poética. Jornal de Borda, Campinas, , v. 4, p. 30 - 31, 17 mar. 2017.

REINHEIMER, Patricia (Org.); ARAUJO, Nathanael (Org.); Fernandez, Annelise (Org.); LIMA, Rachel (Org.); DIAS, Paulo Vítor (Org.). Desenhando coisas e afetos: a casa que construímos, a casa que nos constrói. 1. ed. Florianópolis: Enunciado Publicações (Trem da Ilha Editorial), 2023. 170p .

BENJAMIN, Walter; ARAUJO, Nathanael; BITTENCOURT, Bia . Quién puede construir una biblioteca en su casa?. La biblioteca de mi casa. 1ed.Barcelona: "No Libros", 2023, v. , p. 25-35.

REINHEIMER, Patricia; ARAUJO, Nathanael; SANTOS, M. O.. Pessoas e coisas em movimento. In: REINHEIMER, Patricia; ARAUJO, Nathanael; SANTOS, Miriam. (Org.). Imigração e Cultura Material: coisas e pessoas em movimento. 1ªed.São Leopoldo: Oikos, 2019, v. , p. 9-26.

QUIJANO, Aníbal. Colonialidade do poder e classificação social In Sousa Santos, Boaventura de; Meneses, Maria Paula (orgs.). Epistemologias do Sul. Coimbra: Edições ALMEDINA, cap. 2: pp. 73-117.

MIGNOLO, Walter D.. Desobediência Epistêmica, Pensamento Independente e Liberdade Decolonial. Revista X, V. 16, N. 1, 2021, DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rvx.v16i1

GONZALEZ, Lélia. A categoria político-cultural de amefricanidade. In: Tempo Brasileiro. Rio de Janeiro, Nº. 92/93 (jan./jun.). 1988, pp. 69-82.

Mignolo, Walter D. . Novas reflexões sobre a “idéia da América Latina”: a direita, a esquerda e a opção descolonial. Caderno CRH, 21(53), https://doi.org/10.9771/ccrh.v21i53.18970




TRANSFERIR CONHECIMENTO. NOSSA MISSÃO.

CURSOS RELACIONADOS

Filtros

Encontre o curso desejado usando o filtro abaixo, ou continue navegando para visualizar todos.

[frontend][label_floater_lpd_accept]Gerenciar cookiesRejeitarAceitar